16 Comments

  1. Anderson Silva

    Marisa Ono,adorei seu blog.Me faz lembrar dos bons momentos que vivi na Terra do Sol Nascente e fazendo essas receitas eu mato um pouco a saudade deste país adorável.Já comi muito no Yoshinoya mas particularmente eu preferia o Sukiya onde muitas vezes eu ia com a familia e tambem quando trabalhava de yakim,saia de madrugada do serviço e antes de ir pra casa dava uma passadinha por lá.Quanta saudade !!
    Domo arigatou gozaimashita !

  2. Marisa Ono

    Anderson, houve uma época que eu frequentava só o Sukiya, por um motivo simples: ficava no meio do caminho, bem na minha mão. Havia um Yoshinoya, mas era do outro lado da cidade, em uma avenida movimentada e que exigia que eu viesse pela direção certa. Eu chamava o Sukiya de “podrinho”, porque a loja não era lá muito bonita, as vidraças pareciam eternamente ensebadas mas… a comida era barata, sempre quentinha, à qualquer hora do dia ou da noite. E além de ser rápido, era até que equilibrado, sem a gordureba quase sempre presente nos obentôs de loja de conveniência.
    Passei a frequentar o Yoshinoya quando mudei de endereço e de trabalho. Como você, saía de manhã, passava a mão em um gyudon e ia comer em casa – que era perto, nem dava tempo de esfriar.

  3. edgar adachi

    Muito legal essa dica. Umas das coisas que tenho realmente saudades no japão é do Yoshinoya. Ahh… só faltou dizer a quantidade de molho shoyu.

  4. nossa sou apaixonada pelo yoshinoya ia todos os dias comer morei n jp muitos anos e mesmo gravida andava um pokinho e nunka deixava de ir saborear essa deliciaaaa..obrigadinha pela receita amooo comida japones ..

  5. Yamamoto Diogenes

    Espero que o Japão se recupere rapidamente do terremoto e do tsunami que atingil o seu Pais,e que empresa tão eficiente como a do grupo Yoshinoya encontre soluções para seu contra tempos e se recuperem e continuem a servir um dos mais simples e adoraveis pratos que tive a opurtunidade de degustar,Rezo pela recuperação de todos e acredito em sua capacidade.Gambate mina…Yamacham

  6. caio

    Fui uma vez no Yoshinoya, um amigo me levou adorei o sabor enorme num simples arroz e carne, mais depois conheci o sukiya, não sai mais de lá era na minha rua, agora depois de 3 anos no Brasil, estou morreendo de vontade de ir no Sukiya que tem em Sp,…..abraço gene

  7. nilceia

    nossa amei o seu site,estava procurando umas receitas de pao e o encontrei,amo yoshinoya comia quase todos os dias na minha gravidez,que saudade,prato barato e delcioso,vou faser ,,obrigado mesmo

  8. Marisa, adoro suas receitas! Eu gostaria de saber se tem algum lugar em São Paulo que vende a carne fatiada fininha para Gyudon, pois eu não consegui fazer, além das minhas facas não serem afiadas o suficiente.
    Obrigada!

  9. Marisa Ono

    Clarice, dê uma procurada na sessão de congelados em mercearias orientais da Liberdade. Alguns açougues do Bom Retiro também fazem esses cortes.

  10. Marcelo Teramoto

    Olá Marisa, tudo bem?
    Deixando um recado aqui pra vc.
    Muito obrigado por passar essa receita!!!
    Desde quando postou essa receita faço para meus familiares e amigos aqui no Brasil.
    Como também já vivemos no Japão a saudade é muito forte e quando faço essa receita a conversa aqui em casa não poderia ser diferente….relembrando os tempos de trabalho e a vida no Japão.
    Muito obrigado por compartilhar essa maravilha de prato!!!
    Arigatou gosaimashita!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *