Misoshiru

Miso-shiru

Depois do dashi, a sopa feita com pasta de soja (miso-shiru) é a coisa mais característica da culinária japonesa. Servida no desjejum, almoço e/ou jantar, para todas as idades. Não há uma receita e sim, milhares, milhões, talvez. Variando o caldo-base, a pasta (que podem variar do branco ao vermelho escuro), e outros ingredientes, as possibilidades são enormes.

Uma das minhas preferidas é feita com caldo, pedacinhos de tofu e um pouco de algas wakame (existe um tipo que pode ser empregado sem hidratar). Fervo o caldo, junto o tofu, as algas, abaixo o fogo até aquecer os ingredientes e amolecer a alga. Tempero com um pouco de pasta de soja (que amoleço em uma tigela com um pouco de caldo quente ou, para quem tem, em um tipo de escumadeira própria para essa finalidade). Assim que acrescento o miso, desligo o fogo. Não é recomendável ferve-lo, porque isso comprometeria o aroma. Quanto a matar bactérias benéficas, infelizmente, creio que é mito, não creio que bactérias, benéficas ou não, suportariam temperaturas tão altas.

Outros ingredientes que costumo usar no miso-shiru: acelga em tirinhas, tirinhas de tofu frito (age ou abura-age), ovos, cebolinha, nabo em palitos. Existem também versões com carne, pedaços de peixe e até com batatas ou inhame.

Ah, e claro, existem no mercado pacotinhos instantâneos. Esses, basta diluir em água quente…

 

Share This Post

2 comentários em “Misoshiru”

  1. depois de 17 anos no japao que fui aprender a fazer um misoshiru correto!!!…eu sempre colocava a pasta na agua fervente e reclamava que ficava amargo, esses dias aprendi com um japones que se coloca na agua fria antes e mexe bem ate desfazer ai sim depois e levado no fogo, a minha irma amassa um alho com meia colher de oleo antes de colocar a pasta do misso, fica uma delicia tbm….

  2. Sabia que ia encontrar aqui uma receita de missoshiru. Acrescento o misso ao final, como no comentário acima, depois de diluir o misso em um pouco, pouco mesmo de água fria, bem pouco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *