59 Comments

Page 1 of 2 Next →
  1. Olá Marisa,

    Estamos fazendo um trabalho sobre o segmento de produtos japoneses no Brasil e achei interessante o seu estudo sobre os diferentes tipos de shoyu.
    Eu percebi que falta uma marca bastante tradicional que é o Sakura. Algum comentário sobre os produtos desta marca (se não me engano, existem as versões tradicional e light).

    Muito obrigado,

    Américo Okubo
    Diretor de Desenvolvimento de Negócios
    Nova Investe
    Consultoria Empresarial Ltda.
    (19)9730 5397

  2. Marisa Ono

    Não tenho o shoyu da Sakura em casa. Mas, se quiserem, podem mandar amostras que eu faço a comparação com 4 marcas populares no Japão: Kikkoman, Yamasa, Itibiki e Yamamori.

  3. Marisa Ono

    É, Myrna, também achei estranho.
    Seria questionável se eu não tivesse testado nenhuma marca nacional ou apenas um marca nacional. 2 a 2 é bastante justo. E a intenção era mostrar que existem diferenças entre marcas e um método para comparar uma com outra.

  4. Américo Okubo

    Pelas entrevistas que fazemos com o público brasileiro, 8 entre 10 associam a palavra “Shoyu” a “Sakura” (muito provável que seja derivado do marketing intenso na década de 70, Imagens do Japão, etc.).
    Então, não vejo estranheza em sentir falta desta marca – justamente por ser a mais conhecida do público – para um teste comparativo. E só estamos fazendo um trabalho de pesquisa, não represento a Nakaya e nem me interessa saber se é bom ou ruim.

  5. Marisa Ono

    Um blogue é uma página pessoal e sinto-me livre para comentar sobre o que me agrada. Não vejo porquê teria que dar uma opnião sobre uma marca, por mais que ela seja popular ou não. Se sua intenção é fazer uma pesquisa de mercado, não creio que meu blogue seja a fonte mais indicada. Se sua intenção é divulgação, também não é o veículo mais indicado.

  6. Anderson: Sakura é uma m**da perto…
    Marisa: Obrigado Anderson. AGORA TEMOS UMA OPINIÃO SOBRE A SAKURA.

    hahahahaha
    OWNED!

    Confesso que vou ao mercado e fico perdido. São muitos tipos de shoyu e não entendo bem qual a diferença. Comprei uns que tem no rótulo a informação de conter menos sal. E acabam tendo menos sabor.

    Uso o Morita. É o que tem melhor preço e considero mais saboroso para pratos prontos.

  7. Marisa Ono

    Será que a minha opnião sobre o shoyu da Sakura é tão importante assim, Alexandre? Vai afetar as vendas?
    Andamos comprando o Yamasa e o Yamamori (estavam na promoção…) e a mãe costumava comprar muito de uma marca chamada Ichibiki, creio eu.

  8. Boa Tarde,

    Sou representante da Sakura trabalho no marketing e gostaria de enviar uma amostra para você do nosso shoyu para você incluir em sua pesquisa, seu blog, o que você acha?

    Meu email você tem, por favor entre em contato.

    Obrigado

    Sakura Alimentos Agradece!

  9. Márcio

    Boa tarde,

    Viajando pelo google encontrei seu blog e comentários sobre shoyu e uma grande repercussão pela Sakura.

    Posso lhe mandar uma amostra de nosso produto para teste e comparação?

    É muito importante para nós sabermos a opinião de consumidores finais tão entretidos com o produto que fabricamos.

    Favor entrar em contato comigo por e-mail ou pelo telefone: de segunda a sexta dentro do horário comercial.

    Grato,
    Márcio Akamine Filho
    Departamento de Marketing da Sakura Nakaya Alimentos Ltda.

  10. Marisa Ono

    Podem enviar amostras e agradeço. Só fico realmente preocupada com a questão da avaliação: contestação da metodologia, dúvida em relação à avaliadora (eu), por exemplo.

  11. Diulza

    Marisa não aguentei e quero opinar, usei sakura por anos, e acho que os fabricantes, não se preocuparam pois estão no mercado a muito tempo, hoje nõ uso mais Sakura,pois estou usando o KIkkoman com um sabor incrivel por sinal experimentei ai na sua casa, e comprei tb o Morita, que uso em saladas, e excelente,inclusive a loja que compro aqui em Santo Andre o dono so usa o Kikkoman tb, acho que é bom para a Sakura, rever o seu molho de soja e melhora-lo,pois ja não seria sem tempo, tendo em vista estar a anos no mercado,e não ter se preocupado com nos consumidores. bjs

  12. Marisa Ono

    É, Diulza. Hoje, com tantas marcas no mercado – nacionais e importadas – a gente tem mais opção de escolha. Embora discutir gosto seja complicado, queria fazer um teste com outras marcas nacionais e duas importadas.

  13. William

    Pessoal, desculpe, mas a marca Sakura é muito utilizada por muita gente e acho dificil pessoas trocarem ela por outras marcars, pois o restante tem muito mais sódio, e possuem gostos horriveis, a Hinomoto chega perto, mas não é a mesma coisa. Marisa acho que você deveria fazer o teste com o shoyu da Sakura, eu queria ver a diferença e sua opinião.

  14. Marisa Ono

    Concordo que a Sakura tem seu espaço no mercado, ficou conhecida por campanhas publicitárias na tv, está presente em muitos supermercados. Suponho que tenha uma boa logística.
    Quanto a trocar de marcas, isso é relativo. Se não há outra marca disponível, sim, é difícil trocar. Se existem outras marcas, vai depender muito do público, do preço, de tantos outros fatores.
    Agora, quanto ao gosto, não creio que você, Wiliam, possa estar dando uma opnião completamente desinteressada, não? Como administradora do blog, recebo informações sobre o servidor de quem envia um comentário, a fim de identificar spamers.
    Deixo claro que não estou em campanha contra ou a favor de nenhuma marca. Estou em campanha para que as pessoas experimentem, comparem e façam suas escolhas. Hoje, pelo menos nas maiores capitais e principalmente em São Paulo, há muita opção.

  15. Maria Fernandes

    A SAKURA infelizmente utiliza corante caramelo artificial, apesar de não ser clara no rótulo pois ela “diz”:corante caramelo. Grande parte da população desenvolve algum tipo de alergia a corantes artificiais e nem sabem!Um dos sintomas mais comuns: pequenas eupções aparecem pelo corpo, essencialmente nas costas e no rosto. Curioso é que as “bolinhas vermelhas” surgem normalmente de 5 a 8 dias após o consumo de produtos com corante artificiai caramelo e demoram para sumir.Eu descobri que aqui em casa somos realmente alérgicas à todo e qualquer tipo de corante artificial.
    Lamentavelmente as empresas de uma forma geral não se importam com os consumidores que possuem esse tipo de alergia, até porquê nesse caso,a sintomatología não é gravíssima, não produz intoxicação imediata, porém incomoda e atrapalha muito. Deixo meus parabéns para 2 empresas que são coerentes quando dizem que se preocupam com o seu consumidor: a DANONE e a MÃE TERRA!

  16. William

    Marisa, cada um tem sua opinião, mas volto a repetir para completar sua pesquisa você poderia fazer com a Sakura, pois nenhuma outra marca tem o nome que ela tem e acho que merece sua análise. Estou aqui por que gosto de suas opiniões e análises, não por que estou puxando o saco de uma marca ou outra.

  17. Marisa Ono

    William, disse que sua opnião não poderia ser considerada totalmente desinteressada porque seu número IP é o mesmo do Márcio e do Rafael. Ou seja, vocês três estão usando o mesmo servidor, que é o sakura.com.br…

  18. D.

    ô, Sakura, vamos rever essa política de contratação!

    Deixar Os Três Patetas – William, Marcio e Rafael, que, vá lá, devem ser a mesma pessoa – livres para postar em nome da empresa acaba com a reputação de qualquer um!

    Hua hua hua!
    Tô me matando de rir, aqui, Mareesa!
    =]

  19. clarice

    Oi Marisa! Eu amo de paixão o Kikkooman, quando eu abro para usar em aguma receita, dou uma cheiradinha, só para ficar mais feliz. Mas onde eu compro, o rótulo não vem em português… será que é da mesma origem? Enfim. Quando acabar, eu comprarei o Morita para experimentar. Os nacionais eu não curto muito, nenhum tem a sutileza dos importados.

  20. Marisa Ono

    Oi, Clarice. Pelo que vi, existe o molho de soja Kikkoman importado de Chingapura e do Japão. São duas importadoras distintas.

  21. Gian Carlo

    Faltou testar o molho shoyu Magliane, nacional, para mim o melhor que eu já encontrei. Pela sua descrição se parece com o Kikkoman, mas com preço bem mais em conta.

  22. Marisa, vim buscar a receita de financiers e este post me chamou a atenção. Comecei a ler e a sequência de comentários foi empolgante e no final estava aqui rindo sozinha com os tais “representantes” da Sakura! rsss
    Afinal, vc recebeu as amostras?
    Aqui eu uso o Kikkoman mas vou ver se encontro esse Morita. Adoro colocar um fiozinho de shoyu em todos os pratos, bem coisa de japonesa ne? rsss
    Antes de voltar para o Brasil, estava uma febre de shoyu no nihon. Era um tipo diferente para sashimi, carnes, ovo, cozidos e até um especial, mais encorpado, que usaram como calda sobre sorvete! Quem experimentou torcia o nariz antes mas depois rasgavam elogios a esta combinação.

  23. Marisa Ono

    Não, Akemi, não recebi amostra alguma. E olha que respondi, informei meu endereço. A calda com shoyu ficou legal com sorvete, mas só um fiozinho mesmo. Acho que um dia desses vou fazer um bolo com shoyu..

  24. Eduardo Takeshi

    Marisa, gostei do seu artigo acima. Não provamos ainda o Hinomoto e as marcas japonesas.
    Concordo com vc em relação ao Tozan onde o aroma de álcool é acentuado. Usamos atualmente uma outra marca não citada onde o sal está acentuado. Não quero citar nomes de fabricantes aqui pois não é o intuito, mas sim agradecer o seu trabalho, divulgando opniões para que possamos assim ampliar os nossos conhecimentos. Passo sim um recado à todos os fabricantes para que mudem a mentalidade e passem a tratar os consumidores, sejam eles pessoas fisicas ou juridicas (meu caso), com mais respeito divulgando melhor seus produtos, suas características reais para que assim possamos melhor utilizarmos em cada caso. Eu tive o prazer de conviver 15 anos no Japão como dekassegui onde o nível de informação é totalmente diferente. O catálogo é mais objetivo, contendo informações importantes. Fato que infelizmente não vemos aqui no Brasil. Todos nós merecemos mais respeito.

  25. Marisa Ono

    Eduardo, quando resolvi fazer esse teste e escrever sobre os molhos de soja, queria que as pessoas prestassem mais atenção no que consomem e que fizessem suas escolhas. Em alguns casos, uma marca pode ser mais indicada para um tipo de prato. O fato é que não são iguais, o que é bom. Não tenho intenção de criticar, polemizar. Mas é bom que as empresas fiquem atentas às necessidades dos consumidores. Mas parece que alguns não aceitam uma opnião diferente, o que é uma pena.

  26. Geovana

    Qual a validade real do molho? O que eu tenho aqui da Kikkoman tá com um cheiro ácido, (como se fosse de vinagre)talvez porque ficou aberto por muito tempo? Obrigada.

  27. Marisa Ono

    Geovana, o fato é que não sei quanto tempo um molho de soja pode ficar aberto. A recomendação que vi é consumir o mais rápido possível depois de aberto e muitos guardam na geladeira.

  28. Célia Tatsuta

    Tenho uma sugestão de receita para você postar no blog. Você conhece Shoyu Manju? A minha mãe fazia um em que se utilizava açúcar queimado e shoyu na massa de manju cozido no vapor. Ficava muito bom, um tico salgado em contraste com o doce do anko.

  29. Marisa boa noite, já começa com o nome da minha mãe entao já sei que não vai ser fácil rss.

    Queria parabenizar você pela posição que teve com usuários falsos tentando promover uma marca.

    Eu sou chef, e nunca a culinária japonesa foi nosso forte, mas nunca deixo de admirá-la e aprecia-la. Tentamos uma vez colocar um cardápio japones em nosso restaurante, contratamos um sushiman com mais de 20 anos de experiencia e ele mesmo dizia que o hinomoto, dentro os nacionais era o melhor, e eu conseguir ver essa diferença.

    Essa é a primeira vez que tive a oportunidade de passar pelo seu blog (apesar de dizer que nunca deixei de apreciar seus comentarios, mas com sua atitude e posicao parece que conheco voce a anos, porque reflete como eu sou tambem), e aqui colhi informacoes muito valiosas, e posso te dizer tambem que essa guerra e discucao com os grandes fabricantes nao vem só da sua parte, isso acontece no dia a dia do meu restaurante por puro interesse comercial, e nao pela qualidade e beneficio a quem consome. Mas ca entre nos quem consome é meu cliente e nao deles….

    Desculpe pela falta de acentos e etc, mas estou digitando de um teclado com configuracao americana entao pareco um semi-analfabeto… mas nao sou, sou somente uma pessoa apaixonada pela culinaria e pelos meus clientes.

    Aguardo a receita tradicional do Sukiyaky para poder usar meu Kobe Beef que está guardado em sete chaves aqui.

    Um abraço

  30. Marisa Ono

    Oi, Euclides. Quando resolvi testar marcas diferentes, queria mostrar que molho de soja pode ter características diferentes. E ficar a sugestão para que cada um experimente e encontre o seu favorito. É fato que equipes de vendedores oferecem brindes, como molheiras e a gente acaba vendo a marca X em todo lado que olha. Mas nem sempre isso significa qualidade do produto. Pode ser eficiência na divulgação.

    Eu ainda não escrevi sobre o sukiyaki?

  31. Lilian

    Marisa boa tarde, sou apaixonada por shoyu, mas infelizmente descobri que sou alérgica a corante artificial e foi muito difícil ficar longe dele. Aqui no Brasil maioria dos restaurantes japoneses usam o shoyu Sakura (puro corante artificial e é muito salgado, muitas vezes tinha que diluir com um pouco de àgua), acabava comendo sem shoyu e a comida sempre ficava sem graça. Descobri pouco tempo atrás a marca Kikkoman (um amigo que mora no Japão me indicou). Hoje quando vou nesses restaurantes levo o meu shoyu. 🙂
    Abraço.

  32. Boa tarde Marisa e todos os leitores!

    Sou Miki, e trabalho no MKT da Tozan. Foi ótimo ter descoberto o seu blog tão “tardeamente”, pois tive a oportunidade de ler todos os posts. Parabéns pelo trabalho!

    Tenho algumas informações que possam ser interessantes aos amantes de shoyu:
    – O shoyu testado aqui foi o ex-shoyu SUAVE. Em 2008 ele passou por mudança de nome para SHOYU PREMIUM. Pode ser que os consumidores sintam o sabor “salgado” dos shoyu, mas temos testes laboratorias que comprovam que temos menos sódio que os da categoria. Há 2 fatores que possam estar “confundindo” o paladar.
    1) Usar glutamato monosódico ou muito corante caramelo deixa o shoyu mais “doce”, mascarando a caracteristica original do shoyu.
    2) O “sabor do nitrogênio”. Uma das classificações da qualidade do shoyu é pelo grau de nitrogênio (assim como do azeite é pela acidez). Esse “sabor” é confundido muito com o sal. O que os leitores podem ter sentido é o nitrogênio, já que o nosso shoyu testado tem grande quantidade dele, o que significa que é bom.
    Possuimos 8 tipos difentes de shoyu no food service, e 3 tipos destinados ao varejo (embalagens de 1 litro de 500 ml)certamente algum será o que mais agrada o seu paladar.
    – Muitas pessoas que possuim alergia ao corante caramelo, e para essas, indicamos o SHOYU FINO – o nosso shoyu mais premium, não possui nenhum corante e nem conservantes. Restaurantes mais tradicionais japoneses ou rede japonesas que estão no brasil utilizam esse shoyu.

    Espero não ter parecido uma propaganda da Tozan, até porque o intuito era informativo… rs Me esforcei muito, mas amamos a empresa e o trabalho desenvolvido, portanto, muitas vezes é difícil separar a emoção. rs

    Gostaria de nos colocar a disposição para maiores dúvidas no http://www.azumakirin.com.br. Será um prazer mantermos contato.

    obrigada!!!

    ps-Marisa, gostaria de enviar outros shoyus e produtos da Tozan para você testar! Poderia entrar em contato comigo, por favor?

  33. Marisa Ono

    Olá, Miki.
    Creio que vi a nova linha de shoyus da Tozan na Fispal do ano passado e depois, nos supermercados e empórios. No entanto ainda não provei dessa nova linha. Escrevi este post há muito tempo e queria mostrar que existem muitos tipos de molho de soja, cada um com uma particularidade e que também podem ter usos distintos.

  34. Cesar Linhares Wallbach

    Parabéns Marisa! Foi muito interessante a degustação realizada, pois assim confirmou-se minha opinião pessoal, que tanto tenho enfatizado para os restaurantes Japoneses aqui de Curitiba: substituam seus molhos de soja de baixa qualidade por produtos epeciais. O shoyo é o que faz o diferencial. Qualidade no pescado sem prezar pelo molho de soja não dá. Na minha opinião o KIKKOMAN suave é o melhor.
    Quanto a marca SAKURA, há muitos anos abandonei.
    Abraços,
    Cesar Linhares Wallbach

  35. Marisa Ono

    Não só pescado, um molho de soja pode ser bom cru mas ficar completamente diferente depois de cozido. Enfim, nem todo molho de soja é igual. Mas isso depende do paladar de cada um. Acho importante experimentar, experimentar e escolher um que agrade. Outra queixa que ouvi é que algumas marcas não são regulares. Mas isso eu não pude confirmar.

  36. Olá Marisa, ainda não naveguei pelo blog, mas ao ler os reply do seu teste de shoyu o que me chamou a atenção não foram os resultados ou a avaliação em si, mas a atenção nos detalhes e principalmente a atitude; imparcialidade, coragem e transparência. Esses ingredientes fazem um ótimo prato.Domo Arigato

  37. Marisa Ono

    Obrigada, Tatibana. Acho importante que as pessoas experimentem e façam uma escolha. Hoje há muita opção, não só de molhos de soja.

  38. Leonidas

    Parabéns pelo teu blog, que eu não conhecia. Apreciei tua imparcialidade e intenção sincera de melhor informar os leitores.
    Aqui em casa, temos utilizado o Sakura tradicional, que sempre achei muito salgado. Buscando o porquê de tanto sal, acabei pesquisando na internet “porque o shoyu é tão salgado ?” e tive a grata surpresa de “cair” em teu site.
    Pretendo experimentar outros fabricantes e espero encontrar um molho menos ofensivo à pressão alta…

  39. Luciana Galvão

    Marisa, Acabei encontrando seu site por um comentário sobre corante caramelo, estou cheia de bolinhas vermelhas (parecem brotoejas) no rosto, orelha, mãos e braços. Entrei na internet para ler sobre sarna e alérgia.
    Enfim, após ler os comentários do seu blog percebi que estou com alérgia e para minha surpresa o shoyu que ganhamos ao pedir comida japonesa delivery é SAKURA.
    Parabéns pelo blog, aprendi 2 coisas, uma que shoyu usar e outra que sou alérgica.
    Abraços,

  40. Marisa Ono

    Alergia é uma coisa complicada, Luciana. Meu pai sofreu durante muitos anos, chegou a pensar que era sarna. Mas era apenas alergia a lã. No seu caso talvez seja melhor procurar um shoyu de fermentação natural e sem aditivos.

  41. Ulisses

    Boa noite Marisa, encontrei seu blog fazendo pesquisa para compra do shoyu kikkomam com melhor preço ,na minha opinião a diferença de qualidade para o sakura e como o preço , muito grande!!! Percebi que o kikkomam de 1 Lt e produzido em Cimgapura e o 250 ml nos EUA , vc sabe me dizer qual a diferença ?
    Abraço.

  42. Marisa Ono

    O americano não provei, Ulisses. Ultimamente muitos produtos japoneses sumiram do mercado e, segundo lojistas, não há previsão de quando irão voltar a ser comercializado. Antes encontrava de outras marcas, como a Yamasa e a Morita por um preço intermediário e são bons shoyus. Quanto ao sabor, muitos shoyus nacionais levam milho, o que altera e muito no sabor. E muitos não são feitos através de fermentação natural, o que também influencia no sabor. Sem falar na quantidade enorme de corante caramelo que vai…

  43. Alexandre

    ola marisa, antes de mais nadagostaria de parabenizar pelo seu blog. sou de ms, bacharel em turismo (na regiao nao temos gastronomia e por achar algo mto ligado). ja morei no japao e coincidentemente tb fui em 91.

    acho qto ao shoyu lembrei pelo menos na cor algo parecido com o nosso cafe e o chafe de la.

    nao tenho e nem sou de nenhuma empresa, como alguns colegas que deixaram sugestoes, mas dependendo de sua disponibilidade, sugiro q faça de outros produtos. ja viu q sua opiniao inporta, ne?! quem sabe acabe calhando de ter patrocinadores ou mesmo que eles cliquem naquele botaozinho amarelo no topo a direita.

    mais uma vez parabens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *