Chá de Goya (Nigauri)

Nigauri

Está na época desse pepino amargo. Ganhei uma boa porção de um parente, que planta. Lembrei que não comentei sobre o chá dele. Se faz bem ou não, não garanto. Há quem diga que emagrece. Eu não acredito em superalimentos nem em dietas milagrosas. Mas houve uma época que era febre no Japão e é provável que ainda venda bem.

Para fazer o chá de goya (ou nigauri), basta tirar as sementes, raspando com uma colher, cortar em fatias finas e secar. Alguns finalizam tostando levemente em uma frigideira seca. E então, fazer o chá, como qualquer outro, colocando uma porção em água quente e deixando descansar por 3 a 5 minutos.

O gosto não é bom, não…

Share This Post

4 comentários em “Chá de Goya (Nigauri)”

  1. Goya é a coisa mais amarga que já vi na vida! Acho que nao tem nada igual.

    Acho complicado fazer alguma receita com ele, com carde de porco refogado ameniza o amargor.

  2. Hoje fritei NIGAUR fatiado com um pouco de óleo de Canola e HONDASHI.
    Fritei só um pouquinho porque gosto de comer crocante.
    Na hora de comer coloquei um pouco de molho Shoyu e gergelim torrado.
    Acompanhado de arroz branco japonês.

  3. Suco de limão ou laranja ameniza bastante o amargo. Quando fizer o refogado coloque o suco de 1 limão ou 1 laranja. Fiz uma farofa com linguiça e este refogado..adorei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *