5 Comments

  1. Boa essa dica, Marisa. Pessoalmente gosto muito da sardinha e esta sua receita dá um bom antepasto, além de muito econômico.

    Pena que os restaurantes continuem a desprezá-la. (Será porque não poderiam cobrar bem por ingrediente popular como este,rs?) Em casa uso vinagre de maçã para prepará-la, porque te deixa um retrogosto doce e delicado, bem menos ácido que o do vinho. Ah, esta mesma receita sua – por sinal, muito bem explicada – faço tbém com anchovetas e com cavalinhas. Abraços!

  2. Valdir

    oi marisa,estou me deliciando com as tuas receitas esse fim de semana vou fazer linguiças com a tua receita e a minha esposa vai fazer a torta Choux-prise.Quanto as sardinhas vou esperar quando estiver na safra que elas estaram bem fresquinhas e mais baratas, devo fazer 5 quilos e guardar.outra coisa que eu queria comentar é o defumador. eu fiz um pra meu uso e deu certo´é da altura de uma cadeira e a larg e o compr tambem, fiz em chapa de aço galvanizado, serragem pra fumegar. deu muito certo. desculpa de me alongar, abrs.obrigado.

  3. Marisa Ono

    Valdir, será que é sensato fazer tanta sardinha curada? E se você não gostar?
    Quanto ao defumador, é verdade, é fácil fazer um e, pelo menos eu, acho divertido defumar qualquer carne (e até queijos).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *