Croquete Cremoso

Koroke

No Japão, o croquete é um prato muito popular. O croquete cremoso tem como base o molho bechamel, ao qual adiciona-se frango, cogumelos, carne de caranguejo, camarão, legumes variados. A receita que publico é de frango. A foto não é minha, peguei aqui. Quando fiz, noutro dia, não resisti e comi todos.

Croquete Cremoso (Chicken Cream Koroke)

1 cebola pequena, bem picada

50 gramas de manteiga

80 gramas de farinha de trigo

2 xícaras de leite

200 gramas de frango cozido e desfiado (ou sobras de frango assado)

sal, pimenta do reino

Farinha, ovo e farinha de rosca grossa (panko) para empanar

Óleo para fritura

Refogue a cebola picada na manteiga, em fogo brando, até começar a dourar. Adicione a farinha, misture e junte o leite pouco a pouco, misturando bem (eu uso um batedor de arame) a cada adição. Deixe cozinhar por 3 a 4 minutos, em fogo baixo. Junte o frango, tempere com sal e pimenta e retire do fogo. Coloque em uma vasilha, deixe esfriar, cubra e leve à geladeira, até gelar bem. Se puder, deixe de um dia para outro.

Com uma colher, modele os croquetes, passe em farinha, ovo e farinha de rosca. Trabalhe rapidamente, porque a massa amolece quando aquecida. Deixe descansar por duas horas ou mais na geladeira, sem cobrir, para que firme mais um pouco e seque um pouco.

Frite em óleo bem quente, para que se forme a crosta antes que a massa amoleça e comece a escapar. Não se preocupe demais se ficar um pouco frio no centro. Depois de uns minutos, a temperatura do croquete se iguala e o centro fica morno.

Sirva com molho inglês, ketchup ou molho tonkatsu.

Share This Post

8 comentários em “Croquete Cremoso”

  1. Marisa, croquete é comida típica holandesa! Aqui tem pra todo lado, inclusive numa lanchonete chamada De Muur, leia-se O Muro, onde voce pode comprar croquetes fresquinhos que ficam armazenados em compartimentos térmicos com uma janelinha. É só colocar uma moeda e voilà! Muito trash pra dizer a verdade! 🙂 Mas eu não resisti e já experimentei! Kkkkkkkk
    Aqui tem uma foto:
    http://jantielens.wordpress.com/2007/05/16/kroket-uit-de-muur/

  2. Croquetes são uma paixão no Japão também. Confesso que estranhei o fato de existirem casas especializadas em croquetes por lá. Vendem quentinhas, você pode comer na hora ou levar para casa. Sim, é uma gordureba. Mas é gostoso. =D

  3. Pode, sim. Congele aberto (espalhado em uma assadeira, por exemplo) e depois embale. Assim não grudarão uns nos outros. Frite congelado. Infelizmente, quanto à temperatura do óleo eu não tenho certeza.

  4. Não tinha a menor ideia que no Japão croquetes eram tão populares!
    Pensei em adaptar essa receita interessante adotando ao invés do leite, o iogurte, vc acha que eles poderiam ser assados?
    Um abraço, seu blog é ótimo!

  5. O iogurte, por ser ácido, vai talhar no calor.
    Não creio que seja boa idéia assa-los. A massa é muito cremosa e se mantem firme apenas quando está fria. Para que não se desmanche, é preciso frita-la em fogo alto para que se forme uma crosta firme o suficiente para manter o creme dentro. A não ser que tenha um forno muito bom e, mesmo assim, tenho receio que aqueça dentro antes de dourar por fora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *