Maria-Mole, Novamente

Maria Mole

Fiz maria-mole, novamente.  Não que eu goste tanto do doce, mas sim, minha mãe, que é fã também de marshmallows. Só que desta vez, usei leite de coco de verdade. O sabor do leite de coco fresco é muito diferente do engarrafado. É adocicado, suave e não tem aquele cheiro de sabão (do qual a minha mãe sempre reclama). Fazer leite de coco em casa é trabalhoso. Descascar, ralar, espremer, juntar água, aquecer, espremer novamente, para retirar o segundo leite… Ou melhor, era.

Eu tenho uma centrífuga, daquelas que tiram suco de frutas inteiras, cenouras inteiras. Ganhei há anos e, confesso, no início, era um festival de suco de cenoura, beterraba, maçã, abacaxi… No entanto, vendo o disperdício de bagaço, acabei abandonando o suco. Hoje eu mal uso. No entanto, para extrair leite de coco, é uma maravilha! O leite sai purinho, grosso e o coco ralado fino, vai para outro compartimento. Bem, o bagaço do coco não tem quase sabor, porém é rico em fibras e dá para ser usado em um bolo, bom-bocado ou coisa que o valha.

Para a receita de maria-mole,  usei o leite de um coco pequeno e completei com água.

Share This Post

2 comentários em “Maria-Mole, Novamente”

  1. Marisa,
    Estou um pouco atrasada para comentar este post, mas tenho que agradecer pela dica do leite de côco feito na centrífuga! Não tenho uma, mas ando interessada em comprar, por causa da minha estória com as maçãs… e agora sabendo que posso usar també o côco… estou entusiasmada! valeu!
    Bjs

  2. Eu quase não uso mais a minha. Vivia procurando maneiras de aproveitar o bagaço, pois considerava um disperdício. No final, acabei desistindo dos sucos e hoje prefiro comer vegetais e frutas, mesmo… No entanto, funciona bem, reconheço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *