9 Comments

  1. Marisa, por praticidade acabo sempre comprando aquela massa pronta de uma nota marca(custa menos de 2 euros, ainda bem) mas a acho um pouco salgada. Queria prepará-la em casa, mas fuçando a rede, encontro ora a versão com polvilho doce, ora com o azedo. Suponho que ambas funcionem bem, ou não publicariam. Como na importadora eu quase nunca encontro ambos os polvilhos – um dos 2 está sempre em falta – qual deles vc me recomendaria? Há diferenças no resultado final para cada tipo de polvilho? (Qto ao queijo, vou testar com parmesão ou pecorino). Te agradeço imensamente!

    PS: Por favor, apenas qdo tiver um tempinho, pois trata-se apenas de curiosidade minha, antes de embarcar na primeira tentativa. Obrigada!

  2. Marisa Ono

    Existe diferenças entre o polvilho doce e o azedo (além do sabor e aroma). LP e eu andamos discutindo sobre isso e estamos à procura de uma receita equilibrada, tanto no sabor quanto na textura.
    Mas sabe o que eu comia quando tinha saudades de pão-de-queijo no Japão? Gourgere. Algumas poucas padarias vendiam e acabavam muito rápido.

  3. Karen

    hola Marisa!

    quiero preguntarte si con tu receta el cuñape sale como el de la foto??? Yo quisiera conseguir esa consistencia.

  4. maria cleia de jesus

    quero tirar uma duvida se eu assar o pao de queijo a noite para vender no outro dia bem cedo o pao de queijo nao mucha e nao fica ruim

  5. daiane

    gostaria de saber quantos pães de queijo rende mais ou menos?
    pode fazer marisa a metade da receita da certo?
    obrigada desde ja!!

  6. Marisa Ono

    Daiane, confesso, não me lembro quanto rende mas, considerando o peso total e imaginando que cada pão de queijo tenha 50 gramas, vai render algo em torno de 45. Pode dividir a receita, sim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *