Carneiro

Eu tinha um certo receio quanto à carne de carneiro. Eu só havia provado em dois pratos: um curry e no Gengis Khan (em Hokkaido, é feito com carne de carneiro). Em ambos, embora deliciosos, os temperos fortes mascaravam um pouco o sabor.

Recentemente, comi um carneiro grelhado que foi uma surpresa. Apenas com alho e pimenta-do-reino. As bistequinhas do Kiberama (Rua Mato Grosso, 206 – Londrina) eram macias, suculentas, sem nenhum cheiro estranho que eu tanto temia. Os charutinhos de folha de uva de lá também valem a visita, apesar da região decadente. O restaurante existe de 1965.

Em tempos bicudos, com os preços das carnes subindo, comecei a olhar para a carne de carneiro com mais simpatia…

Share This Post

2 Comments

  1. admin

    Nunca provei com hortelã. Na região, ouvi falar muito de churrasco de carneiro, só no sal grosso. Provavelmente fazem com costela, que é gorda. Na grelha, fatiada fina, como no “churrasco coreano”, acompanhada de um molho à base de alho, gengibre, óleo de gergelim, shoyu e outras coisinhas, é ótimo. Só não pode passar do ponto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *