Creme de Ricota

Hoje o desafio era fazer uma sobremesa pobre em gorduras e sem açúcar. Fiz uma calda de morangos, que pode acompanhar iogurtes ou sorvetes e um creme de “ricota” (desculpe, mas a ricota brasileira é muito diferente da ricotta italiana, tanto no sabor, quanto na textura e até na maneira como é feita; prefiro chamar de queijo fresco). O resultado foi bom, substancioso e rico.

Para a calda de morango, limpei 3 caixas de morangos, parti os maiores ao meio e levei ao fogo com duas colheres de água. Naturalmente, começaram a formar uma calda. Deixei reduzir até diminuir para 2/3, ficar espesso e viscoso. Usei adoçante culinário que, ao entrar em contato com a calda, endureceu. Mas depois de alguns minutos, dissolveu por completo.

Para o creme, bati no multiprocessador o queijo com um pouco de iogurte, até que se transformasse em um creme liso e leve. Para equilibrar a acidez, adicionei um pouco de leite em pó e adoçante. O resultado foi um creme levíssimo, que não cai da colher. Servi em porções pequenas (apesar de não conter açúcar e ser pobre em gorduras, é uma sobremesa substanciosa; é bom não abusar) com um pouco da calda. A partir desse creme eu poderia brincar mais um pouco, juntar claras em neve e gelatina e fazer uma mousse mas.. Fica para outro dia, que boa parte das minhas tralhas de cozinha estão empacotadas.

Share This Post

4 Comments

  1. Adorei! E com a vantagem de se poder fazer sempre diferente e adaptado à estação, variando a fruta! Vou guardar e experimentar, parece óptimo para dias de Verão como os que temos tido por aqui!

    Beijoca *

  2. admin

    Estava pensando nisso há pouco e pensei em uma calda feita com cacau em pó e café, numa, digamos… adaptação light do tiramissu.
    Quanto a caldas, claro, usei morangos porque estão na época. O único porém de usar adoçantes é a vida das caldas. Não acho conveniente fazer uma quantidade grande, porque corre o risco de estragar. Afinal, o açúcar é um conservante muito bom.

  3. Felipe

    Mesmo sendo simples e sem açucar, me pareceu uma sobremesa deliciosa e muito leve…é bom não exagerar na glicose de vez em quando!heheheheh, e pra mim que só tenho experiência em fazer tortas, será bom variar numa sobremesa diferente e light! beijocas Marisa, e continue postando (ansioso!)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *