Chuchu com Camarão

Quem é carioca me entende. Chuchu com camarão, para muita gente, é um prato de torcer no nariz. Afinal, chuchu quase não tem gosto. Estragar camarão com um ensopadinho de chuchu? – dizem. Mas por ser tão neuto, o chuchu absorve todos os sabores. Bem cozido, tem uma textura delicada. Acompanhei com uma farofinha de cebola e manteiga, bem simples. A farinha de mandioca liga o arroz e o caldo, nesse nosso hábito bem brasileiro, da “mistura” no prato. Sabores da infância.

2 chuchus médios, picados em cubinhos

1 cebola pequena

1 ou 2 dentes de alho

4 a 5 tomates maduros

Camarão limpo e descascado ( não medi, usei um punhado)

Sal, pimenta do reino e salsa

Refogue a cebola em azeite, até ficar macia, sem dourar. Junte os tomates picados, sem sementes e deixe “suar” um pouco. Junte os chuchus. Deixe cozinhando em fogo baixo, juntando água aos poucos (se tiver, use caldo feito com as cabeças e cascas de camarão), para que o caldo não resseque. Quando o chuchu estiver macio, junte os camarões. Cozinhe o mínimo necessário – alguns poucos minutos. Tempere com sal, pimenta do reino e salsa.

Eu não usei pimenta vermelha, prefiro servir o molho de pimenta à parte. Dois chuchus foram suficientes para duas pessoas com muita fome.

Share This Post

5 comentários em “Chuchu com Camarão”

  1. A comida chuchu com camarão, arroz e farofa de ovo é simplesmente imperdível: é uma coisa pra lá de deliciosa… Esse prato é muito gostoso; e, como sem parar. Para acompanhar, um suco bem gelado de uva ou uma coca-cola com cubos de gelo. Aprecie sem moderação. Fica com Deus! Helinho, de Madureira.

  2. Bem, como uma carioca da gema morando em São Paulo sobrevive sem chuchu com camarão?
    Não dá! Ainda bem que achei a sua receita, pois não lembrava de jeito nenhum se refogava o camarão antes ou acrescentava depois no chuchu já com os temperos.
    Many thanks!
    Regina R Lopes

  3. Chuchu com camarão lembra, como disse a Conceição, infância. Era um de meus pratos prediletos e vou fazer um hoje (06/12)!!! rsrs
    Regina, também sou um carioca “perdido” em SP, mas, antes tratei de anotar e aprender as receitas da mãe… rs

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *