Você come porquê?

Nem sempre comida é alimento. Encontrei uma citação em um trabalho sobre hábitos alimentares (Artigo publicado no Vol. VI/ 1998 da Revista Cadernos de Debate, uma publicação do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Alimentação da UNICAMP, páginas 1-25.O Padrão Alimentar Ocidental:considerações sobre a mudança de hábitos no Brasil -Susana Inez Bleil)

“…em nossa sociedade moderna, a alimentação apresenta no mínimo vinte usos diferentes:
1) Satisfazer a fome e nutrir o corpo;

2) Iniciar e manter relações pessoais e de negócios;

3) Demonstrar a natureza e a extensão das relações sociais;

4) Propiciar um foco para as atividades comunitárias;

5) Expressar amor e carinho;

6) Expressar individualidade;

7) Proclamar a distinção de um grupo;

8) Demonstrar pertencer a um grupo;

9) Reagir ao stress psicológico ou emocional;

10) Significar status social;

1) Recompensas ou castigos;

12) Reforçar a autoestima e ganhar reconhecimento;

13) Exercer poder político e econômico;

14) Prevenir, diagnosticar e tratar enfermidades físicas;

15) Prevenir, diagnosticar e tratar enfermidades mentais;

16) Simbolizar experiências emocionais;

17) Manisfestar piedade ou devoção;

18) Representar segurança;

19) Expressar sentimentos morais;

20) Significar riqueza.”

(M. A. Baas; L. M. Wakefield; e K. M. Kolasa; Community nutrition and individual food behaviour.) ”

Faltou alguma coisa? Talvez, mas não me lembro de nenhum outro uso. E, ordenado assim, em um trabalho acadêmico, ficou claro que comida é muito mais que alimento, está profundamente relacionado com a sociedade, momento, cultura, crenças e o indivíduo. Tento pensar nisso quando vejo uma vitrine de padaria ou um encarte culinário em um jornal. Posso não gostar do que vejo (ou como) mas não posso negar que é fruto do meio e do tempo em que vivemos.

Share This Post

2 Comments

  1. Silvio

    Para resumir: comer é uma grande bênção do Senhor. Êita coisinha boa, sô!
    Comamos enquanto podemos, com qualidade e moderação – para podermos comer por mais tempo 😉 e sempre em boa companhia.

  2. Marisa Ono

    Pois é, Silvio. Ainda bem que comida não é só alimento. Pode ser um grande prazer em si só ou, melhor ainda, quando é partilhado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *