8 Comments

  1. Concordo com a Myrna, acima. O arroz catete cai perfeitamente bem em risotto sim. E há tbém a substituição oposta. Cerca de 20 anos atrás, os raros restaurantes japoneses aquí substituiam o arroz japonês pelo italiano. Até porque a importação do arroz do Japão, a causa do câmbio lira/yen, não era favorável, ao contrário de hoje. Eu mesma preparo diariamente o gohan com o arroz tipo “Roma” daquí. Os grãos são levemente maiores, mas o sabor não perde pra nenhum Akita Komachi ou Koshihikari, acredite. O bom do risotto é que sai barato e pode-se preparar com qualquer coisa, não é mesmo? Abraços!

  2. Marisa Ono

    Lucia, arroz arbóreo é um arroz curto, do tipo japonês. Deve de ter em lojas mais especializadas, que tenham uma variedade de produtos importados. Na falta, funciona muito bem com arroz japonês. Já o arroz parbolizado não é para risotos, não. Ele passa por um processo e fica solto depois de cozido. Aí tem o Uncle Ben’s (em lojas de importados).

  3. Catia

    Apenas gostaria de parabenizá-la!!! Amei sua forma simples, sabia, direta e ao mesmo tempo super requintada de escrever! Parabéns!!!

    Bjs.

  4. Agnes Roberta

    Bora lá fazer um risoto do desespero com arroz momiji, que é o que dá pra hoje…
    Sou adepta da cozinha do improviso, respeitando a regra do fazer com amor e bom gosto!

    Adorei seu texto! Achei buscando “dá pra fazer risoto com momiji?”
    Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *