Asazuke de Rabanete (Conserva Rápida)

asazuke

Recebi um pedido de receita de conservas japonesas via e-mail. Lembrei de que alguns restaurantes japoneses no Brasil costumam oferecer uma porção de conserva de rabanete como entrada ou tira-gosto. Na verdade, é bem simples de se fazer e dura cerca de 3 dias na geladeira. E aproveitei que encontrei rabanetes a R$ 1,50 o maço.

400 gramas de rabanete (foi um maço lavado e limpo)

10 gramas de sal

2 colheres de sopa de açúcar

3 colheres de vinagre branco ou vinagre de arroz

Corte os rabanetes em fatias finas, usando um cortador de legumes. Misture o sal, o açúcar e o vinagre. Deixe em um pote fechado, na geladeira, por algumas horas ou de um dia para outro. Escorra (junta um tanto de água) e sirva.

Outras opções para essa conservinha com cara de salada são: pepino, repolho, nabo em tirinhas, cenoura em tiras finas, acelga. Ajuste sal e açúcar conforme seu gosto. Há também quem junte fatias finíssimas de gengibre e pimenta vermelha.

Mas o segredinho de muitos restaurantes é usar glutamato e, pelo que pude constatar, não é pouco! Mas fica a critério. Eu, particularmente, não acho necessário.

PS: Asazuke em japonês significa conserva leve, pouco curtida. Já os tsukemonos exigem uma boa quantidade de sal, muitos são prensados para perder o excesso de água e conservam-se durante até meses, em determinadas condições. O rabanete, por lá, é chamado de hatsuka daikon.

Print Friendly
Share This Post
Esta entrada foi publicada em conservas, Culinária japonesa, Entrada, Fácil, receita, Saladas com as tags , . ligação permanente.

34 respostas a Asazuke de Rabanete (Conserva Rápida)

  1. Tulio Nagae diz:

    Postei errado meu pedido de receita de massa fresca
    para yakisoba. Achei seu comentário sobre a diferença em relação ao Japão e queria experimentar fazer a massa.
    Tulio

  2. Marisa Ono diz:

    O macarrão para yakisoba eu sempre comprava. E não era raro compra-lo já cozido, o que era uma tremenda conveniência. O macarrão era bem firme e, pelo que sei, é feito com ovos e kansui (uma mistura de sais minerais), que dão a textura e a cor viva, amarela. Lembra a pasta fresca italiana, porém é ligeiramente ondulada. O macarrão, depois de cilindrado e cortado, é polvilhado com farinha e ligeiramente amassado, formando as ondulações. Mas não pode ser amassado demais porque senão, os fios vão grudar um no outro.

  3. ELTON NISIYAMA diz:

    EU QUERIA SE POSSIVEL APRENDER A FAZER A ACELGA CURTIDA COM PIMENTA , QUE SE NAO ME FALHA A MEMORIA CHAMA-SE
    KIMOUCHI .

  4. Marisa Ono diz:

    Chama-se kimchi (no Japão pronunciam kimuchi). A maneira mais prática é usar um preparado pronto, como os que eu uso na receita de conserva de nabo e kimchi. O processo é quase idêntico: corta-se a acelga em pedaços, salga-se e deixa perder um pouco da água. Depois é só adicionar o preparado pronto.
    Talvez eu faça o kimchi de acelga por esses dias (a partir do zero, como dizem).

  5. Ricardo Martucci diz:

    Gostaria de receber receitas japonesas de conservas Asazuke e Tshukemono. Obrigado. Ricardo Martucci – São Carlos – SP

  6. Marisa Ono diz:

    Eu não envio receitas e não autorizo ninguém a fazê-lo em meu nome.
    Outras receitas de tsukemonos estão sob tag “tsukemono”.
    Outras receitas de origem japonesa estão na categoria “Culinária Japonesa”.
    Ou utilize o sistema de busca do próprio blog.

  7. Bia Bibs diz:

    Marisa,

    Estou errada ou todas essas conservas que estão no seu blog podem ser servidas acompanhando Sushi? Tô cheia de idéia para petiscos em meu bar, e achei muito interessante e conveniente essas suas conservas rápidas e sem ingredientes complicados. Elas irão acompanhar o Hot Philadelphia, que é o único que trabalho pq o pessoal pede.

    Amei seu blog e sua generosidade.

    Parabéns!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  8. Marisa Ono diz:

    Não, asazukes são conservas rápidas da culinária japonesa, principalmente na cozinha do cotidiano, doméstica. Podem a companhar quase qualquer refeição. O hot philadelfia nem é comida japonesa, se não me engano, é invenção americana.

  9. Vinicius diz:

    A receita de Asazuke de rabanete pode ser aplicado para fazer tsukemono de lakyo?
    Obrigado.
    Vinícius

  10. Marisa Ono diz:

    Não, Vinicius. A receita da conserva de rakyo é diferente. Esta semana colhemos parte da produção doméstica e em alguns dias irei publicar a receita com fotos e medidas detalhadas.

  11. Vinicius diz:

    Ok Marisa, ficarei no aguardo.
    Domo Arigato.

    Vinícius

  12. Cristina Yamauti diz:

    Ola Marisa,
    Estou na procura de receitas de rakyo, mas nao estou achando, ela foi feita como dito na mensagem anterior?
    Obrigada
    Cristina

  13. Marisa Ono diz:

    A receita de rakkyo está aqui: http://marisaono.com/delicia/?p=1720

  14. eri diz:

    oi Marisa…gostaria de saber como faz o oshinko de acelga…desde ja agradeço…

  15. andrea diz:

    oi, gostaria de saber o tanto exato de rabanete para a conserva(asazuke)como é pesado 400gramas ou é um maço?

  16. Marisa Ono diz:

    São 400 gramas de rabanete, sem as folhas e talos.

  17. Renata diz:

    oi,
    gostaria de saber se essa receita é feita com os rabanetes inteiros ou fatiados como os da foto?

  18. Marisa Ono diz:

    Fatiados, como na foto, Renata.

  19. Gessy Cardoso diz:

    Marisa: Sou apreciadora da culinária japonesa.Em todos os lugares que visito,faço experiência escolhendo restaurantes onde oferecem essas iguarias do Japão.Como descobri o seu blog, vou aproveitar e por em prática os seus ensinamentos.Obrigada. Gessy

  20. Angelica diz:

    sempre que peço comida japonesa em casa vem um maravilhoso xuxu cortado em fitinhas bem finas vem também cenoura,gostaria de saber como são feitos e como são cortados,obrigada

  21. Marisa Ono diz:

    Provavelmente são cortados em um cortador de alimentos, daqueles que costuma ser usado para fatiar pepino.

  22. johnny diz:

    oi Marisa,gostaria de saber como faz bolinhos torrados de arroz(okaki apimentado) ,obrigado.

  23. Marisa Ono diz:

    Johny, creia, vai por mim: é melhor comprar pronto. Okaki é feito com mochi seco (desidratado) e frito. Dá trabalho. Primeiro porque cortar mochi não é fácil. Segundo que se não for desidratado em um ambiente bem seco, vai mofar antes de secar. Depois porque se não for desidratado por igual, vai ter pontos duros. Não vale a pena tanto trabalho.

  24. Ana Cristina diz:

    Olá, Marisa! Parabéns pelo seu site, lindo e muito interessante.
    Eu queria te fazer uma pergunta… é que um restaurante japonês que eu gosto muito aqui em BH (o Sushi Naka) serve no Teishoku uma porção de rabanetes cortados em fatias finíssimas, com um sabor leve e ligeiramente adocicado, mas de um cor-de-rosa bem vivo. Poderia ser essa sua receita mesmo? Me pareceu bem provável, mas na sua foto eles estão mais branquinhos…

  25. Marisa Ono diz:

    Ana Cristina, não há como eu saber, nunca estive em Belo Horizonte e não conheço esse restaurante…

  26. Pingback: Se a horta te dá rabanetes… | foodwithameaning

  27. wilson diz:

    boa noite maria.
    comprei um maço lindo de rabanete hoje.e vou fazer ele ralado e agridoçe assim como eu vi na feira onde como tempura nos domingos.gostaria que me ajudasse para eu fazer esse molho agridoçe e nao perder a mao.obrigado.

    wilson prado

  28. Marisa Ono diz:

    Nunca vi conserva de nabo ralado, Wilson.

  29. sonia diz:

    Ola Marisa, gostaria de receber receitas japonesas pois eu, minha filha Isabella de 9 anos e meu Esposo gostamos muito desta culinária. Abraços!

  30. Marisa Ono diz:

    Sonia, não envio receitas. O blog já conta com mais de 600 receitas, é só pesquisa, seja por palavra-chave, seja por ingrediente.

  31. marcia tati diz:

    Marisa, da para fazer aqueles okaki (salgadinhos), eu já procurei mas não consegui, me falaram que picando o moti e fritando vai ficar parecido. Mas se você tiver a receita ou parecido eu agradeceria

  32. Marisa Ono diz:

    Não, não tenho receita de okaki. Pelo pouco que sei, o mochi precisa ser seco antes de ser frito.

  33. Rosa MN diz:

    Oi Marisa
    Estou tentando descobrir , a receita de conserva de alho inteiro, comprava no supermercado no japao, muito gostoso, e um aperitivo muito gostoso.
    Sei que tem como ingrediente, o Katsuo bushi laminado, as folhas de shisso para
    Para ter o gosto e para colorir e sal, e nao sei se tem mais algo para acrescentar.
    Se vc souber, gostaria muito de saber como e feito, talvez vc tb ja deve ter experimentado no japao

  34. Marisa Ono diz:

    Não conheço essa conserva, não. Existem coisas que são comuns em algumas regiões do Japão e nem tanto em outras, depende muito. Eu só via conserva de alho no shoyu.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *