21 Comments

  1. Nina

    Acho que infelizmente ainda não temos público exigente o suficiente para melhorar a qualidade dos corantes e essências nacionais. Ganhei uma essência de violeta francesa de uma amiga que é o máximo, oleosa e super potente!
    bjo

  2. Marisa Ono

    É, estava discutindo isso com LP, outro dia. E nem são produtos tão caros, assim. Algumas essências custam cerca de 3 dólares (vidro com 30 ml). Considerando o uso e a quantidade a ser empregada, não chega a ser nenhum absurdo. Até creio que a indústria brasileira tenha condições de oferecer um produto melhor. Mas é uma questão de mercado. Só posso dizer que quem provou um óleo de baunilha ou uma boa essência de melão, por exemplo, dificilmente vai querer voltar a usar uma nacional.

  3. Marisa Ono

    Os óleos são mais indicados para preparados que vão ao fogo, como bolos, biscoitos, etc, pelo fato de serem mais estáveis e menos voláteis. Os que usei, possuem um aroma intenso mas não é enjoativo. De qualquer forma, é melhor ir com cuidado.

  4. Marisa Ono

    O corante é chamado de shoku-beni no Japão e pela comunidade japonesa no Brasil. Geralmente é encontrado em lojas de produtos orientais.

  5. Maria Angélica teixeira

    Boa noite. Gostaria de saber se na liberdade eu consigo encontrar essência de melão para elaboração de drinks. Acho que é conhecido como essência rock mellon. Agradeço muito a colaboração.

  6. Marisa Ono

    Não vi essências importadas na Liberdade. Talvez encontre xarope, mas para raspadinhas (kakigori). Na Central do Sabor, na Paula Souza, vi um xarope de melão importado, próprio para drinques.

  7. Marisa Ono

    Sara, o termo mais correto seria de 食用色素 shokuyou shikisou – corante comestível. Embora muita gente chame de shoku-beni…

  8. Tatiane Mayumi

    Olá Marisa, tudo bem com você?
    Estou procurando a tanto tempo essencia de Melão, mas não achei em lugar algum.
    Você me indicaria algum lugar aqui em São Paulo para comprar a essencia? Você sabe mais ou menos quanto Custa?
    Grata.

  9. Lino

    Prezada Marisa , antes de mais nada parabéns pela sua interessantissima pagina . Saberia me informar sobre onde comprar preparados , xaropes etc para raspadinha com custo/beneficio no Rio de Janeiro ? obrigado por responder , att. Lino Musso .

  10. Hajime

    Marisa, minha esposa (Mari) me mostrou esse artigo e achei legal! Tem algumas palavras que não são desse meio, mas muito elucidante. Sou engenheiro de alimentos e trabalhei em algumas multinacionais de aromas. Tenho planos de montar um projeto para atender esse pessoal. As grandes (Givaudan, Firmenich, IFF, Symrise) realmente tem problemas com esses volumes. Se voce tiver interesse, podemos sentar para conversar um dia desses. Estou sempre em Ibiuna a trabalho nos fins de semana (árbitro de baseball, estive nesse fds atuando no brasileiro adulto interclubes).
    Att

    Hajime

  11. Marisa Ono

    Hajime, eu não pretendo entrar no negócio de insumos para confeitaria mas acho que existe um mercado para produtos melhores sim. Acho que você deveria conversar com confeiteiros e padeiros e saber mais sobre o que eles precisam e, principalmente, sobre valores, estamos em um momento de crise, um produto precisa ser competitivo.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *