2 Comments

  1. Marisa, que privilégio morar num ambiente assim, que não lhes devem faltar alimentos. Lí em algum lugar que eles vivem até 15 anos, o que foi surpresa para mim. Qdo criança, sempre ouví dizer ou chamar alguém de serelepes, mas nunca havia associado a esquilos. A educação na época era tão pobre que as escolas nunca nos ensinaram nada sobre a fauna brasileira, que pena. Dizem que na Amazônia, numa enquete com crianças, houve muitas das respostas de que leões e girafas fossem animais existentes na região(!).

    Quem sabe uma porção de amendoins pra eles, escondida dos gatinhos, claro!(rs). Abraços.

  2. Marisa Ono

    Por aqui, nesta época, tem muito pinhão e, além dos esquilos, os papagaios fazem a festa. Além deles, vejo colibris, canários, garças (por conta da represa), tucanos, gaviões, anus, corujas, sabiás e outros pássaros que ainda não identifiquei. Os répteis e mamíferos são mais difíceis de ver (lontras, gambás, lagartos, macacos, etc).
    É, também não estudei a fauna brasileira. Tive aulas de Biologia, de uma maneira bem geral. Só não pensava que existiam leões no Brasil por conta de uma enciclopédia chamada “Os Bichos”, que meu pai comprou, fascículo por fascículo, durante meses. E mesmo assim achava que o Narval (uma baleia com chifres?) era coisa para boi dormir…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *