Yukimi Daifuku

yukimi-daifuku-1

Falei sobre esse sorvete, popular e tão tipico. Como resolvi escrever sobre as farinhas e amidos japoneses, resolvi fazer algumas experiências com eles. O resultado disso foi um sorvete coberto com uma massa macia e um tanto quanto pegajosa, como o mochi. No caso, usei sorvete de rum com passas, mas poderia ser de creme, chocolate, morango, etc.

yukimi-daifuku

100 gramas de farinha de arroz mochigome (glutinous rice flour ou shiratama mochi-ko)

200 gramas de açúcar

200 ml de água

Amido de milho

Sorvete

Misture a farinha de arroz mochigome com o açúcar. Adicione água e misture. Leve ao microondas por 6 minutos, coberto por um filme plástico. Misture a cada 2 minutos.

Despeje em uma superfície coberta de amido de milho. Não economize amido; ele vai impedir que  a massa, bem pegajosa, grude na bancada. Ele também vai dar o aspecto “nevado” do doce. Polvilhe com mais amido e espalhe a massa com a ajuda de um rolo, abrindo o mais fino possível.

Recorte com um aro. Leve os discos de massa ao congelador, até gelar bem.

Recheie os discos com sorvete. Para um formato mais regular, coloque os bolinhos em forminhas de empada geladas.

Trabalhe rápido e leve ao congelador. Retire do congelador alguns minutos antes de servir. A massa externa vai amolecer ligeiramente.

Share This Post

11 comentários em “Yukimi Daifuku”

  1. Oi Marisa, quero te perguntar uma coisa, estou fazendo testes, tem muita diferença “glutinous rice flour ” chinesa / tailandesa ou mesmo japonesa?
    A que vc utilizou era japonesa, certo?
    Abraços
    Ricardo

  2. Ricardo, eu ando comprando a que acho barata, mesmo. Não vi diferenças significativas nessas farinhas, não. Agora quando a questão é arroz em si, já vi muito arroz de mochi com arroz comum misturado…

  3. Já tente 2 vezes, n deu certo, até a hora de colocar no microondas ta tudo certo, depois na hora de deixar bem fina a massa, mesmo com bastante amido de milho, gruda tudo no rolo e suja toda a bancada.

  4. Prezada Marisa,

    Fizemos pela primeira vez a partir da sua receita e deu super certo. Realmente é o que vc disse, não pode economizar no amido. Aí não tem erro. Experimentamos esse sorvete de moti a primeira vez nos Estados Unidos, daí bateu a curiosidade de como fazer em casa. Obrigada pela ajuda e recomendo muito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *