5 Comments

  1. Marisa Ono

    Hoje mesmo vi em uma barraca na feira, em Ibiúna. Eventualmente encontro em um dos supermercados de Ibiúna. Mas até agora não sei se são produzidas por aqui ou trazem do Ceagesp…

  2. Desculpe a pergunta inocente, mas o que acontece se eu fizer sem o cremor de tártaro?

    Esse papo me fez lembrar uma coisa relacionada a detalhes de preparo: certa vez, a esposa do meu primo estava fazendo doce de abóbora e lembrou que a minha tia colocava um material de construção na água para deixar a abóbora de molho antes de cozinhar, para fazer a famosa casquinha. Só não sabia direito qual era. Adivinha o que ela colocou? MASSA CORRIDA HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA

  3. Marisa Ono

    Se não encontrar cremor de tártaro, não é nenhum drama. O cremor ajuda as claras a crescerem bem.

    Abóbora com massa corrida deve ter ficado uma coisa!

  4. Felizmente ela comentou com a minha tia que tinha feito isso. Calcule. Minha tia, uma senhora japonesa das bem caipiras, com a esposa do meu primo, uma delicada mocinha ocidental com a metade da idade do marido, se esforçando para agradar.

    E obrigada pelo esclarecimento sobre o cremor de tártaro. Minha próxima experiência será este bolo aqui. A experiência atual é o feijão na Thermocook (está lá na panela).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *