Feios-Porém-Gostosos de Amendoim

feios-porem-gostosos

Tomando um expresso no Zena Caffé do Carlos Bertolazzi, topei com um docinho que há muito não via : o feio-porém-gostoso. É quase um suspiro, feito com pedaços de avelãs tostadas. Estava delicioso, crocante. Voltei 35 anos no tempo e espaço (pois é, estou ficando velha). Na mesma hora me veio a idéia de fazer uma versão com um ingrediente brasileiro, tão saboroso e intenso quanto a avelã: o amendoim. Renderam mais de 100 docinhos, que logo sumiram. O pessoal aqui adorou.

500 gramas de amendoim

450 gramas de açúcar cristal

150 gramas de claras

Torre o amendoim, tire a pele e triture ligeiramente no multiprocessador. É para ficar alguns pedaços maiores, mesmo. Apenas alguns pulsos serão suficientes.

Bata as claras em neve. Junte o açúcar e o amendoim. Misture.

Leve ao fogo baixo em uma panela de fundo grosso. Misture até que a massa ganhe uma cor ligeiramente amarelada e forme uma crosta no fundo. Deixe esfriar um pouco e faça montinhos com uma colher de chá, sobre papel-manteiga, deixando um bom espaço entre eles, porque crescem.

Leve ao forno pré-aquecido, temperatura baixa (cerca de 140 graus). Deixe que assem até crescerem e ficarem dourados. Ainda estarão meio pegajosos no centro. Deixe que esfriem na própria assadeira. Destaque do papel e guarde em um pote bem fechado.

Quanto à crosta no fundo da panela, não se desespere. Deixe de molho em água que ela se dissolve com facilidade.

PS: Sim, o Zena Caffé é um lugar quase tão simpático quanto o dono. Espero voltar outro dia, com mais tempo. Dessa vez foi uma passagem bem rápida mesmo, só para um café.

Share This Post

10 comentários em “Feios-Porém-Gostosos de Amendoim”

  1. Oi Marisa, acabei de ver no blog da Nana a técnica de torrar amendoim no microondas, ai venho aqui e vejo essa delicia de receita!

    Alguma boa técnica para retirar facilmente as casquinhas?

    Bjs

  2. Bem, o amendoim do tipo “cavalo” (rosado, graúdo) é mais fácil de descascar. No entanto, apesar de macio, ele é menos saboroso. Vi no mercado um amendoim do tipo vermelho, já descascado. Depois vou conferir a marca. Infelizmente, pelo que sei, para tirar a pele, só esfregando entre os dedos e peneirando. Isso até que não é difícil para quem tem quintal e espaço. Mas já fiz isso em cima da pia da cozinha em um apartamento minúsculo e é meio complicado…

  3. Com uma balança digital. Hoje existem umas bem baratas, menos de R$30,00. Sacanagem mesmo é dar receita em “pratos fundos”, “copo faltando 2 dedos para encher”, “uma concha bem cheia”.

  4. Todo mundo quem? Pode procurar em livros de confeitaria, a maioria das receitas é com produtos pesados. E quantidade de ovos não significa nada, já que existem ovos pequenos, médios, grandes e extra.

  5. Boa tarde!
    Eu tiro a casca do amendoim, colocando os amendoins após serem torrados,num pote com tampa,sacode bem,após as cascas saírem coloquem dentro de um escorredor de macarrão em cima de um tabuleiro e só ir mexendo devagar .AÍ vai a dica descascar sem sujeira.

  6. Boa noite!
    Pela foto, os suspiros são idênticas (cor e formato) aos que eu comprava numa confeitaria em SP.
    Estava procurando a receita e achei a sua.
    Bati as claras em neve, juntei açúcar cristal e amendoim triturado e levei ao fogo baixo, mexendo sempre. Quando finalmente se formou a crosta no fundo da panela, a mistura já estava seca e quando desliguei o fogo logo virou uma farofa. Esta receita está certa? Não parecem etapas para se fazer um suspiro. Onde posso ter errado?
    Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *