8 Comments

  1. Hummmm….defumado deve ser muito interessante. Não deixa os pandas descobrirem isso,rs.

    Aliás, fico boquiaberta com a fertilização da terra brasileira ao comparar o tamanho de legumes e verduras com as de fora. Pela preservação dos pandas, acho melhor os chineses mandarem os bichinhos pro Brasil,rs! Já pensou o panda que comer folhas desse banbuzão? Acho até que aumentaria a fertilidade deles! Abraços

  2. Marisa Ono

    Se não me falha a memória, Yoko, o Claude Troisgros tem uma receita de palmito assado, só que ele descasca e assa em papel alumínio. Se for assar direto na grelha, acho melhor retirar as cascas externas, que são muito duras e vão dar um belo trabalho na hora de servir… A não ser que tenha um belo facão ou uma serra circular. Se bem que boa parte do palmito in natura que eu vejo comercializando já está descascado.

  3. Marisa
    Adoro takenoko, aqui em casa meu marido adora fazem um churrasquinho e assim que tiver d novo, vou fazer o takenoko assado. Deve ser maravilhoso!!! Humm Agua na boca!
    Bjss
    Amei seu blog!

  4. Olá Marisa!
    Vi o comentário acima sobre o palmito assado. Particularmente é um preparo que faço seguidamente e muito simples. Vc pode simplesmente levar os pedaços de caule de palmito com casca normal envoltos em papel laminado a grelha, por cerca de 45 minutos a 50 cm da brasa. Depois, basta retirar o papel alumínio e deixar mais cerca de 30 minutos, virando para dar uniformidade ao assar. Após, basta levar a uma tábua e com uma faca afiada cortar na diagonal, o palmito praticamente se abrirá sozinho, muito fácil. Aí é só regar com uma mistura de azeite de oliva, ervas e sal e curtir este exótico mas muito simples ingrediente!
    Espero tenha ajudado!
    Abraços
    Emerson Haas
    http://www.eu-gourmet.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *