Festival do Japão – Parte 2

A barraca de Ibaraki oferecia pratos à base de castanhas: arroz, okowa (feito com arroz glutinoso), sopa e uma conserva.

Já em Shimane tinha bandejas de inarizushi e makizushi.

Na barraquinha de Yamaguchi tinha ichigo daifuku (massa de arroz recheada com pasta de feijão e morango), além de yakisoba e tempura.

Não provei o takoyaki da barraquinha de Hyogo. A fila desanimou…

Gifu oferecia ayu – um pequeno peixe de água doce – assado com sal. Espetinho de peixe e de shimeji com bacon são pratos muito comuns em izakayas.

Fukuoka trouxe um peixe que adoro – o sanma – para ser servido grelhado. É um peixe de outono, gordo, de corpo longo e cabeça bem triangular com a ponta do bico amarela.

Kagoshima tinha tonkotsu lamen (lamen com caldo de porco), espetinhos, conserva de takana, manju. Já Chiba – província onde morei por 2 anos – servia gyoza, yakisoba e sushis.

Em Ishikawa tinha sakura mochi – mochi embrulhado em folha de cerejeira e ohagi -arroz glutinoso amassado, que pode ser coberto com pasta de feijão ou farinha de soja torrada.

Lá na barraca de Ishikawa comi um nikuman – pão no vapor recheado com carne – pequeno, comparado com os que eu pegava nas lojas de conveniência. Mas estava quentinho e macio.

Share This Post

3 Comments

  1. Oi Marisa!
    Como resistir a tantas coisas boas né?
    Todo ano é assim, nunca dá para a gente degustar tudo… ou o estômago não aguenta ou a comida acaba logo!
    Ainda bem que é só um final de semana, haja queima de calorias!
    Ano que vem tem mais, só nos resta matar as saudades com as fotos…

  2. Myrna

    Ayu, GENTEEEEEE
    que saudade do Japão! e mais ainda das minhas amigas de Gifu!!!!
    é, perdi este ano, preciso ir ano que vem…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *