Festival do Japão – Parte 4

festival do japao niigata

A barraca de Niigata trouxe mochi, anpan (pão com doce de feijão) e uma coisa bem curiosa:

festival do japao niigata kibidango

Kibi dango (bolinho de milheto), embrulhado em folha, amarrado e cozido no vapor.

festival do japao hiroshima

Hiroshima servia okonomiyaki e foi bem concorrido!

festival do japao nagano

Quando morei me Nagano, achei curioso que ainda havia muita gente que fazia conservas em casa. Existiam casas que vendiam exclusivamente verduras, sal, potes e tudo que seria necessário para fazer as conservas caseiras. E a barraquinha de Nagano trouxe uma conservinha de uma planta parecida com a mostarda, levemente picante: Nozawa-na zuke. Uma delícia. Além de natto (soja fermentada), missô (pasta de soja) e conserva de wasaki na borra de sake.

festival do japao ehime

Ehime servia bebidas à base de sake, espetinhos, arroz com alga hijiki e rocambole recheado com pasta de feijão que no Japão chamam de an-taruto, o que confundiu LP; expliquei que taruto era de tart, tarte… Aqui em casa a gente chama de tora-maki.

festival do japao fukushima 

Na barraca de Fukushima tinha fila para os espetinhos e bolinhos de arroz (onigiri)…

festival do japao nagasaki

Nagasaki servia udon e espetinhos. Lamentei que não tivesse pão-de-ló (kasutera) nem o champon (lamen de frutos do mar)…

festival do japao shizuoka

Enfim, Shizuoka, província onde morei, entre indas e vindas, mais de 10 anos. Dessa província posso falar um pouco mais.

festival do japao shizuoka cha

Um dos orgulhos da província é o chá. Claro que existem chás e chás. O que eles chamam por lá de shin-tcha é o chá das primeiras folhas do ano. Como receberam pouca luz, o aroma e sabor são bem mais suaves. Tomei um copinho de chá por um real.

festival do japao shizuoka unagi

Enguia (unagi) é um dos produtos mais conhecidos da cidade de Hamamatsu, no extremo oeste da província. Grelhada, laqueada e servida com arroz, é muito procurada sobretudo no verão. E, para minha surpresa, tinha também yuzu. Comprei 2 pacotinhos com 3 limões cada.

festival do japão hokkaido

Hokkaido, terra de meu pai, trouxe arenque.

festival do japao hokkaido bento

Mas, apesar da aparência dos bentôs de arenque, lula e anchova estarem bons, a fila era imensa. Também tinha morango com chocolate e tirashi zushi. Só faltaram batatas cozidas no vapor com manteiga com ovas salgadas e milho assado…

E amanhã termino a série Festival do Japão.

Share This Post

2 Comments

  1. Olá!
    Que sorte que você teve de conseguir comprar o Yuzu!!! Eu também comprei um pacotinho e logo que cheguei em casa avisei o Bicho do blog “Que bicho me mordeu!”. Só que quando ele foi lá no domingo comprar yuzu, falaram que o o Shin Koike, do Aizomê, tinha arrematado todos. Se bem que eu acho que não tinha sobrado muito, né?
    Como você vai preparar o yuzu? Minha mãe vai fazer chawan-mushi e colocar uma raspinha em cima para dar o aroma… Mas o que eu faço com a “polpa” do yuzu?
    Ah, você viu que na barraca do Cotia Seinen tinha yuzu-koshô? Comprei também!
    Abraços!
    Yumi

  2. Marisa Ono

    Não haviam muitos, não Yumi. E enquanto eu comprava, foi aparecendo gente interessada, creio que acabaram logo. E não visitei a barraca de Cotia, faltou isso também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *