Ton Hoi

Hoje fui levada ao Ton Hoi. Não conhecia e foi uma boa surpresa. Se você gosta de comida chinesa, mas anda meio aborrecido com o atendimento ou as mesas apertadas, vai gostar. São dois andares, com uma boa distância entre cada mesa e o atendimento, mesmo com a casa cheia, foi bem gentil.

Começamos com os wan-tan fritos. Massa fina, estalando, que veio em instantes.

Depois provamos os palza (nikuman, chukaman para os japoneses). A massa era menos adocicada. Também não demorou.

No recheio, carne picada  – não era moída – com repolho, cebolinha, gengibre e, creio eu, um toque de pasta de soja. Muito bom.

A costeleta doce e azedo veio com um molho espesso com um quê de amendoim. O porco foi empanado, frito e envolto nesse molho brilhante. Esqueci de tirar foto do porco com vegetais e molho picante. Não era tão picante assim, eu encararia um pouco mais de pasta de pimenta. O molho era à base de pasta de soja.

A curiosidade ficou por conta do Kwo Thie. Fomos avisadas que demoraria. Tudo bem. Quando chegou, era um gyoza grande. Porque a demora? Porque faziam a massa na hora! E, ao contrário de muitos que comi, era assado na chapa, não era engordurado. Bem, gosto quando ele é parcialmente frito, fica uma casquinha inferior bem crocante. Mas reconheço que ficou muito leve.

Achei curioso que não senti óleo de gergelim em nenhum prato. Não que eu esteja reclamando, só achei diferente. Voltarei lá para provar outros pratos do cardápio. Fiquei encantada em ver muito macarrão com ovos secando na cozinha e gostaria de provar o Lu Mien.

Para quem não conhece, aqui vai o site do restaurante:

http://www.tonhoi.com.br/

Nem preciso dizer que saí de lá rolando.

Share This Post

15 Comments

  1. Aêêêêêêêê!!! Delícia, né?
    Não perguntou detalhes à Terezinha? Eles explicam direitinho o que você quiser saber, são super solícitos. É um lugar onde todo mundo é atendido como rei e rainha; os 10% de serviço tornam-se um grande prazer, em vez de um “puxa vida”.
    A banana frita é deliciosa, empanada e com anko, polvilhada com (acho) farinha de gergelim e açúcar. Delicadíssima. Não conheço nenhum outro lugar que faça.

  2. Fui ao Ton Hoi há muito tempo e a comida estava boa apesar de também ter sentido falta daquele gostinho de óleo de gergelim que acaba dando uma “pegada” mais forte no sabor. Mas é uma boa opção pois acaba sendo mais leve do que os outros restaurantes. Preciso voltar lá…fiquei com vontade desse Kwo Thie…

    Ultimamente tenho ido bastante ao Rong He (acabei de voltar de lá). Já li aqui que você também foi e gostou. Uma ótima relação custo benefício. As gyozas de lá são ótimas…ainda não achei uma tão saborosa como a deles…

    Abs

  3. Marisa Ono

    Voltarei lá, com certeza. Pena que não abrem para almoço a semana inteira. Para mim, jantar fora é meio complicado. Até cogitamos pedir essa banana, mas eu estava pensando em abrir o botão da calça de tão cheia…

  4. Marisa Ono

    Achei interessante, Carlos. Uma comida mais leve, temperos mais discretos, nada de carregação de five spices. Mas foi só uma ida, o cardápio é bem grande, há muita coisa para provar…

  5. NEUSA MITSUKO

    O Ton-Hoi é o meu restaurante chines favorito.Gosto da palza , do macarrão com misso e dos peixes.Uma especie de canja de peixe é servido no inverno, o peixe vem cortado em tiras finas como se fosse sashimi e é colocado no caldo quente na mesa.Delicado e delicioso.
    Concordo com a Myrna, os 10% são pagos com prazer!

  6. clarice Guimaraes

    Eu fui por muitos anos, faz tempo que não vou. Que saudade que me deu!
    Umas dicas: o Wan tan não preciso falar. Eu amo.
    Tem uma tainha com um molho de gengibre que é fantática.
    o pato à Pequim é um show à parte. Quando e ia, tinha que fazer reserva, pedir com antecedência.

  7. Nelson

    Opa, irei conhecer esse restaurante em breve. Gosto de ir em locais indicados.
    Conheço o Rei dos Reis na Liberdade e o Hi Pin Shan do Itaim bibi.

  8. Suen

    Marisa,
    Eu adoro o Ton Hoi. Experimente os peixes. Divinos. Tem um molho com shoyu, gengibre, coentro e pimenta vermelha que é demais. Eles cobram de acordo com o tamanho (peso) do peixe, então nunca está escrito o valor, mas vale cada centavo. Tem tanto o pato de pequim que precisa ser pedido co antecedência (isso é chato, mas o pato deles é muito bom) e tem também um pato que é feito na hora, também com coentro. Muuuito bom. As massas são ótimas, inclusive a massa do macarrão, o yakissoba bem crocante deles é único.

  9. Ione

    As fotos ficaram ótimas, dão água na boca!
    Quando quiser ir novamente pode me chamar, faremos uma caravana! 🙂
    Recomendo tb o camarão com gengibre, é picante, mas não muito.
    O wan tan é dos deuses, enfim, gosto muito de lá tb.
    Ir com bastante gente é uma boa, dá pra provar mais pratos.:-)

  10. Eu fui no Ton Hoi ano passado e fiquei embasbacado com a popularidade e o tamanho do local. Num sábado a noite era de se esperar, mas a espera demorou “só” meia horinha.
    Acho que como estou mal acostumado com o Hong Bin, achei os pratos que escolhi bem mediano, não era ruim, e nem maravilhoso.
    Com certeza eu voltarei.

  11. Marisa Ono

    Engraçado, Edu, a comida de lá me lembrou uma coisa que comi feita por uns estagiários chineses. Não sei de que província que eram, só sei que eram do Norte.

  12. eu acho que eles fazem tempero mais chinês para quem pedir. Uns amigos meus dizem que o sabor está suavizado para atender melhor à clientela ocidental. O bom é que eles fizeram isso com dignidade, sem destruir a comida… eu mesma nunca pedi tempero mais típico lá.

  13. Já virou tradição,todo aniversario de casamento vamos lá,sempre fui muito bem atendida,sempre tudo limpinho,não demoram,é perfeito,só tem que ir meio adiantado pq as vezes tem fila pra entrar,dá uma agonia ficar sentindo os cheirinhos,rs
    Amo o macarrão frito deles,sempre esqueço o nome,rs, o wan-tan é um espetaculo e a costelinha de porco ñ pode faltar,melhor costelinha que comi na vida,ganha até da mineira.
    Não sei se vcs já viram pela net a receita do macarrão frito que comentei,eu gostei tanto que procurei e achei,já fiz e fica uma delicia,muito muito parecido mesmo,mais logico que eles ñ contam o segredo né,rs.Quem quiser fazer…
    http://vejasp.abril.com.br/receitas/macarrao-frito-chop-suey-do-restaurante-ton-hoi

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *