Flan Diet de Baunilha com Geléia de Damasco

Esse flan ficou com uma cor bem amarela porque usei ovos caipiras. Se forem ovos de granja, comuns, irão ficar muito mais claros. Reduzi calorias usando 2 claras no lugar de 2 ovos. E lembre-se: doces feitos com adoçante duram menos, mesmo na geladeira. Isso porque o açúcar é um bom conservante. Então, não guarde por muito tempo e acostume-se a fazer porções pequenas.

Para a geléia de damasco, coloquei 100 gramas de damascos em uma panela com água. Fervi até que ficassem macios. Bati tudo no liquidificador – não muito, ficaram uns pedacinhos bem pequenos – e voltei ao fogo, cozinhando até que se tornasse um creme espesso, mas não uma pasta. Adocei com adoçante líquido, algumas gotas de cada vez. O adoçante satura logo e tende a amargar se usado em demasia. E o aspartame não é o mais indicado para preparados quentes. Deixei esfriar.

Para o flan, usei 2 claras, 2 ovos inteiros, 500 ml de leite e um pouco de baunilha. Se puder, use uma boa baunilha, que tem um aroma doce, que satisfaz mais. Adoce à gosto, com adoçante líquido ou culinário, lembrando que menos é melhor, não se deixe levar pela vontade de colocar mais adoçante e correr o risco de amargar tudo. Bata tudo e passe pela peneira. Se formar espuma na superfície, retire com uma colher. Coloque em uma forma ou várias forminhas refratárias. No caso de uma forma grande, usei a potência média do microondas e cozinhei por 15 minutos. No caso de forminhas pequenas, é preciso testar o tempo de cozimento. Também pode ser feito no banho-maria, no forno.

Depois de gelado, sirva com uma colherada da geléia de damasco, que vai ser ácida, doce e complementar o flan. Essa geléia também fica boa com fatias de queijo fresco.

Não coloquei quantidades de adoçante porque vi que há uma variedade muito grande no mercado e não tenho certeza se todas são equivalentes em dulçor. Quero dizer, não sei se todas adoçam na mesma proporção.

 

Share This Post

3 comentários em “Flan Diet de Baunilha com Geléia de Damasco”

  1. A cara está ótima! Ainda não pude fazer nem o Crumble de Peras, porque estou passando uns dias fora de casa. Uma das coisas que tento demais descobrir é algum conservante que ajude a segurar uma preparação ao menos uma semana, porque, de fato, se não estraga, a aparência já fica diferente. E como é difícil fazer uma receita que não tenha pelo menos 4 a 6 porções!!!Quanto aos adoçantes, de fato há o que se pode medir como se mede açúcar e um que a cada colher de café adoça como 5 colheres de sopa de açúcar. Concordo com você: tem que ir devagar até ficar ao gosto de cada um. Abraços

  2. Gilda, infelizmente adoçante realmente não conserva nada e o negócio é comer logo. Se for para apelar para uns conservantes químicos, eu prefiro ficar sem. Alguns têm um gosto horroroso. Mas estou pensando em alguma coisa que possa ser congelada e consumida mais tarde.

  3. Minha amiga Cirley Bezerra faz muitos pratos doces para diabéticos(diga-se com adoçante)inclusive já fez várias vezes ao vivo na TV, procure no google que vai achar várias sugestões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *