8 Comments

  1. Myrna

    olha só, essa receita de conserva parece uma que diziam que minha avó levou para o túmulo hahahahaha agora não preciso mais de psicografia! Obrigada, Marisa! E, ainda por cima, em quantidade “civilizada”. Minha avó fazia um montão desse agridoce para deixar nabos e cenouras em palitos grossos dentro. Assim mesmo, primeiro um pouco curtidos no sal, mas em tempo mais longo por causa da seção transversal bem maior.

  2. Fabio Kimura

    Preparei essa receita, é muito fácil e durou 1 semana na geladeira, coberto com filme plástico. Deve durar mais, durou só uma semana porque acabou. Muito fácil e prático, obrigado pela receita!

  3. Eliel

    Olá Marisa

    Estou tentando compreender quanto de vinagre, de água e de açúcar se usa para cada tipo de conserva.
    Acho que pela lógica, se é para conservar por mais tempo deve ter menos água, mas…quanta? E assim, se da receita de sunomono de pepino eu tirar mais água ele pode ficar por mais tempo na geladeira como o shoga gari?

    Obrigado por esse site maravilhoso que acabou se tornando para mim um verdadeiro curso de culinária japonesa.

  4. Marisa Ono

    Existem diversas maneiras de se fazer conservas. Os aditivos mais comuns são sal, açúcar (como nas compotas e geléias), ácido (vinagres, geralmente) e álcool. Eu não tenho dados de quanto de água uma conserva pode ter. Depende do aditivo utilizado, se vai ser envasado e esterilizado ou não. Recomendo pesquisar no Serviço Brasileiro de Resposta Técnica. Mas é preciso fazer um cadastro para poder utilizar esse serviço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *