Karubi, Calbee, Galbi…

Se tem um corte de carne que sinto falta por aqui é o “karubi” (calbee, galbi). Trata-se de costela cortada conta o osso. Diferente do asado de tira (acima), ele é mais fino, feito para ser grelhado rapidamente.

Aí vocês estarão se perguntando: “Como, costela grelhada? Deve ser uma borracha!”  Não, se for de wagyu, de novilho, ou seja, se for uma carne considerada “prime”.

Bem, como diz o ditado, quem não tem cão, caça com gato, resolvi experimentar o asado de tira de novilho precoce que tem lá no Shopping da Roça. Grelhei e comi com molho para yakiniku com alho negro. Ficou muito bom, mas ainda preferia que a espessura da carne fosse mais fina. A gordura tem um aroma bom, amanteigado e a carne é muito saborosa.

Para o molho usei:

40 gramas de cebola

5 gramas de gengibre

1 dente de alho

85 gramas de maçã descascada

50 ml de shoyu

50 ml de sake

50 ml de mirim

Bata tudo no liquidificador e leve ao fogo por cerca de 5 minutos.

Retire do fogo e adicione 3 ou 4 dentes de alho negro amassados.

Também experimentei com o chutney de manga, especiarias e alho negro da Paula Labaki, do Lena Labaki Labaki Catering. Jurava que ia mel de flor de macieira. Também ficou muito bom.

Ah, sim, no Japão o karubi é um corte comum em restaurantes coreanos e que servem yakiniku. Mas por lá não se come apenas carne no churrasco. Sempre há muita opção de vegetais para acompanhar.

 

Share This Post

8 Comments

  1. christopher

    Sabe se é esse corte que os coreanos fazem o yakiniku e cortam com tesoura?
    Realmente parece que tá bem grosso, acho que poderia ser metade. Será que cortam mais fino?

  2. Marisa Ono

    Christopher, esse é um corte de açougueiro. Não dá para cortar em casa, precisa de uma serra. Eu conversei com o Edson do Shopping da Roça, vamos ver se o frigorífico se dispõe a fazer o Karubi. Agora se é o mesmo corte que os coreanos marinam e grelham e depois cortam com a tesoura, não tenho certeza. No Japão eles preferem sempre oferecer em bocados menores, para facilitar a vida de quem come com hashi.

  3. Claudemilson

    Oi , descobri teu site hoje, muito legal, parabéns.
    Sobre essa costela deste post. Em SP tem um supermercado daqui do RS , da rede Zaffari, o que tem aí pode Bourbon. Eles tem umas costelas pra grelhar da marca PUL (Uruguai) que são muito boas e se parecem com essa que tu descreveu.
    Aqui o endereço deles.
    http://img.zaffari.com.br/zaffari/tabloide/comuns/tabloide_enderecos.php?id=21

    Espero que ache essa costela.
    Parabéns pelo site e pelas receitas.

    Claudemilson

  4. gerson

    Marisa por favor no japao eu comia aqueles karubi que vinha temperados em bandeja,era meio picantes e parecia meio vermelho o molho,como e esse molho voce sabe?

  5. Massao Sudo

    Olá Marisa,
    Você esclareceu uma dúvida que tinha a anos.
    Morei durante 20 anos no Japão e sinto muita falta da comida de lá. Uma das coisas que mais gostava era de Karubi.
    Em qualquer açougue, se pedir, conseguem fazer esse tipo de corte?
    Você pode me explicar com mais detalhe como se deve cortar?
    Obrigado e parabéns pelo post!!!
    Show de bola

  6. Marisa Ono

    Por aqui ainda são poucos açougues que fatiam carne fino. Se mora em São Paulo ou próximo, tentaria os açougues do Bom Retiro, lá eles estão acostumados a atender esse tipo de corte. Como disse no artigo (por favor, leia!) é um corte da costela. Mas com o gado brasileiro, esqueça, é muito duro. Só vai conseguir um karubi mastigável com costela de novilho ou gado nobre, como red angus ou wagyu, são caros. Outra opção é fazer com contrafilé fatiado bem fino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *