Nabo Cozido – Dica

Eu já falei do oden, cozido que pode ter dezenas de itens. Mas, para mim, pode ter tantos contanto que não falte um: o daikon, o nabo japonês, bem cozido. Bem feito, ele fica macio e absorve o sabor do caldo, entrando até o centro e não só na parte externa. Mas para fazer um bom daikon requer muito tempo. Ou requeria.

A dica é cortar em rodelas grossas, descascar e… congelar. O congelamento provoca um rompimento das fibras, o que vai mudar a textura, abrindo caminho para o caldo saboroso entrar. Depois é só colocar os pedaços de daikon em água fervente e cozinhar. Se o daikon for de uma variedade que tem cheiro forte, como o tokinashi, cozinhe em água de lavagem de arroz ou água com um pouco de farinha dissolvida (umas 2 colheres rasas por litro). Quando estiver macio, escorra e use no oden ou nishime ou outro prato que peça nabo cozido.

Share This Post

7 comentários em “Nabo Cozido – Dica”

  1. Diulza, nã verdade, não há muita diferença na aparência, não. Tem que perguntar para o feirante, se ele souber dizer. Algumas variedades, como o oden daikon é mais gorda, o aokubi às vezes aparece nas épocas mais frias, com a parte de cima bem verde, mas é difícil dizer só de olhar.

  2. Nao sabia que podia amolecer o daikon apenas congelando é uma grande dica vou tentar fazer, lembro me do tempo que trabalhei no Nihon e à noite passava no Seven para comprar oden com daikon para comer no inverno, que saudades (ha quinze anos atras). Depois que voltei tentei cozinhar o daikon como se fosse para oden mas nunca ficou com textura legal.

  3. Pois é, Cris, daikon demora muito tempo para ficar macio e para o caldo penetrar dentro também leva outro tanto. Congelando, fica muito mais rápido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *