12 Comments

  1. Takashi

    Tudo bem Marisa? Faz um tempo que acompanho o seu blog.
    Então, meus pais faziam uma mistura de shoyu, mirin e açúcar. Esse “molho” era colocado sobre sardinhas descamadas, evisceradas e espalmadas (com a espinha central em um dos lados, a espinha não era tirada, acho que era para dar firmeza quando grelhasse). Essas sardinhas eram colocadas em uma peneira (daquelas de pedreiro, usadas só para essa finalidade, lógico), polvilhavam gergelim, cobriam com outra peneira, e deixavam secar no quintal, na sombra em lugar que circulava bastava ar. No dia seguinte estava levemente laqueado, seco, pronto para grelhar… Era muiiiiiiiiiiiito bom com Gohan e tsukemono. Vou tentar fazer qualquer dia e te digo como ficou. Abrçs.

  2. Marisa Ono

    Creio que se chama “shio-boshi” ou seja, seco com sal, embora não seja tão salgado nem tão seco. Agora, a maioria dos peixes secos são chamados de himono, Dylan.

  3. Marisa Ono

    É o mirim-boshi, técnica parecida com a que descrevi, mas fica doce e escuro. Eu prefiro secar ou na geladeira ou usar um tipo de cesta com tela, própria para isso. Encontrei na Daiso, no começo do ano…

  4. Diulza Angelica dos Santos

    Marisa seguindo a risca o que voçê descreveu, depois do processo quanto tempo, pode ficar no freezer,.Sabe Marisa quando íamos para o Rio Araguaia, todo peixe que iriamos levar era salgado e ficava no jirau com filó em cima por causa das mosca ficava muito bom,.

  5. Marisa Ono

    Pois é, Diulza, aqui no Brasil salga-se mais e seca-se mais, para conservar. No Japão ele é salgado só para mudar a textura e tirar o cheiro mais forte.

  6. Higor

    Oi Marisa, Essa técnica tira o gosto amargo da cavalinha?
    Minha mãe disse que este peixe tem um gosto amargo, daí gostaria de saber antes de tentar a receita que me parece muito interessante 😀
    Parabéns pelo Blog! o/
    Higor

  7. Marisa Ono

    O amargo dos peixes pode ser por conta de um resto de vísceras. Recentemente descobri que uma escova de dentes e água corrente são bem eficientes para retirar o resto que fica na cavidade abdominal do peixe, Higor. Essa técnica diminui o cheiro forte que ele tem e deixa a carne mais firme.

  8. Felipe

    A minha mãe fazia exatamente como o Takashi falou, e tbm usava uma peneira de areia para substituir um cesto de vime. Só que ela colocava no sol, ela comprava o peixe de manha na feira, limpava, temperava, colocava na peneira, polvilhava com gergelim e pendurava a peneira no varal com um gancho. Na metade do dia ela virava e quando o sol baixava ela recolhia e estava pronto seco e duro. A noite era só grelhar na frigideira com um pouco de óleo e comer com gohan quentinho, tsukemono e missoshiru.

    Lembra um unagui no kabayaki só que sem aquele gosto de peixe de rio que tem o unagui, unagui é mais mole e não é crocante. Parece também com o skin de salmão com molho tarê.

    Eu vou experimentar fazer na geladeira com uma grelha de churrasqueira com uma assadeira por baixo para não pingar.

  9. Marlene urata

    Nossa morei no Japão por 20 anos adorava comer o peixe saba comprava ja salgado enrolada no papel alumínio e assava no forninho ficava uma delícia com arroz hummmmm..me deu água na boca eu não sabia que aqui tinha estava pesquisando e vi que tem e vou fazer como vc falou vou salgalo e por na geladeira vou virando nossa já esta me dando água na boca adoro esse peixe espero que seja tão bom quanto o de lá….obrigada pelas dicas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *