Produtos – Resumo dos Últimos Dias

Encontrei há algum tempo, na Liberdade, esses mini pimentões. Não são pimentas, são pimentões em tamanho reduzido, mesmo. Devem de ficar bonitos recheados. Fora isso, nenhuma diferença com o outro. Também tinha amarelo. Na Mercearia Oriental, na rua dos Estudantes. Custou R$3,90 a bandeja.

Também na Mercearia Oriental encontrei esse chá verde em pó de Shizuoka. Não, não é matcha. É apenas chá que foi triturado. A gente faz chá com ele, o pó acaba assentando no fundo da xícara. Ao contrário do que muita gente pensa, nem todo chá verde é amargo ou taninoso. Sou suspeita, morei muito tempo na província de Shizuoka. Os chás que consumia por lá costumavam ser delicados, aromáticos. Fico pensando se não funcionaria em um bolo. Provavelmente ficaria amarelado, chás verdes não costumam resistir muito ao calor.

Sementes de milho doce da Embrapa. Dando uma pesquisada sobre variedades de milho doce, encontrei uma página da Embrapa sobre 3 variedades. Diziam que poderiam oferecer amostras se houvesse disponibilidade em estoque. Escrevi e me enviaram um quilo de sementes de milho Superdoce e Doce Cristal. Veremos no próximo verão. Para quem não sabe, as variedades de milho doce são… doces. Possuem pouco amido e não prestam para fazer pamonha. Normalmente são produzidas para serem consumidas verdes, mesmo, cozidas ou assadas. Costumam ser mais macias (exatamente por conta de terem menos amido). A página da Embrapa é esta:

http://www.cnph.embrapa.br/paginas/produtos/cultivares/milhodoce_doce_ouro.htm

Batata-doce de polpa amarela, casca vermelha quase roxa. Encontrei no Varejão do Ceagesp. Para quem está de frente do relógio, fica na ala esquerda, quase no final da feira. Tem da outra batata, chamada de “japonesa”, com casca mais rosada e também tinha batata-doce roxa (polpa roxa). Essa, para mim, é novidade. Muito, mas muito doce, cremosa, sem fibras. Ficou boa cozida no vapor e também assada. Estava a R$4,00/kg.

 

Share This Post

2 comentários em “Produtos – Resumo dos Últimos Dias”

  1. Marisa este milho sera igual ao americano ou o japonês que é doce? demorei para me acostumar a ele.Eu não encontro desta batata na feira aqui e muito menos mizuna, voçê não acredita até o Nira tenho que encomendar e olha que a colonia aqui é grande, Marisa não esqueça do dia 26 de outubro tá. bjs.

  2. Não é tão doce quanto o americano, não, Diulza, mas é docinho, sim. E macio. Hoje estava conversando com um chef de um restaurante e ele estava se queixando que não encontra shunkiku, mizuna e outras verduras. Não sei se a seca e o frio andou prejudicando ou se tem menos gente plantando… Até dia 26 de outubro, Diulza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *