É Primavera

É primavera, embora a gente se queixe do frio que tem feito. Tanto é que a cerejeira dobrada resolveu dar flor.

Claro que não foi só ela. Alguns nabos acabaram soltando pendão e dando flor antes do que queríamos. Perdemos os daikons, ganhamos flores.

Aliás, já viram flor de daikon? É bonita. Confesso que só prestei mais atenção à elas recentemente. Quando via nas plantações japonesas, raramente tinha tempo para parar e olhar com mais atenção.

Parece uma rosa, tanto na flor quanto no formato da folha e na abundância de espinhos. Aliás, de certa forma, são rosas. São da mesma família.

Framboesas negras, do Himalaia, da Montanha, como informa a Neide Rigo. Estou juntando a cada dia um punhado e congelando. Talvez consiga um pote de geléia. São doces, miúdas, com menos aroma que as framboesas vermelhas, que por aqui dão em qualquer canto.

A flor do shunkiku é meio sem-graça. Mas tudo bem, comemos as folhas. Não, dessas não, porque o pé ficou velho e as folhas estão duras. Mas estão lá na horta, para a gente tirar as sementes.

Blueberries também estão dando flor. Meu pé não vai muito adiante, cresce pouco a cada ano. Mas está aí, florido. Vou comer uma dúzia de frutos, se tanto.

Frutificando, por enquanto, só o tomata japonês ou francês ou tamarilo.

E a vida ainda vai me dar muitos limões. Limões galegos.

Violas são comestíveis, embora eu não tenha o hábito de enfeitar meu prato com flores.

Assim como as violetas.

Glicínias não sei se são comestíveis, mas costumo ironizar que tenho o maior bonsai do mundo. Comprei como bonsai, ameaçou morrer e minha mãe resolveu plantar no chão. Cresceu, ficou vigorosa e agora dá flores.

E, por fim, meu assistente, Zero, o gato tricolor. Enquanto tirava essas fotos acompanhou-me o tempo todo. Nesse momento, resolveu descansar entre as salsas e shunkikus.

 

Share This Post

9 Comments

  1. Marisa Ono

    Zero é extra-peludo. Os bigodes são mais compridos que a média e ele tem pelo entre os dedos, a pata dele é acolchoada. Por outro lado, ele tem dificuldade em subir em árvores…

  2. Lindas flores!
    O que voce faz para proteger as blueberries e as framboesas dos passarinhos? Cobre com tela?
    Minha sogra não consegue manter por muito tempo no pé que ela tem no quintal, logo que fica vermelhinho os passaros atacam!

  3. Marisa Ono

    As framboesas estão a salvo por enquanto. Parece que os sanhaços andam preferindo as pitangas. E parece que acharam as blueberries estranhas demais, nem provaram. Já jabuticaba, não comi do pequeno pé que tenho.

  4. Michelle

    Marisa, parabéns pelo blog. Adorei ver as flores e tenho muita vontade de plantar frutas e legumes, apesar da falta de espaço. Adoro o seu blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *