Za-sai

Perguntaram-me (não me lembro onde, se no blog ou no Facebook) sobre o za-sai. No Japão é o nome de uma conserva de origem chinesa. As que eu provei eram picantes e aromatizadas com óleo de gergelim. Confesso que nunca pensei muito nessa conserva. Por um tempo achei que era feita com chuchu, por conta da textura. Não tinha ideia do formato do vegetal, já que vinha cortado em fatias finas.

Depois, conversando com um, lendo aqui e ali, descobri que se trata da Brassica juncea Var. tumida, um vegetal que não vejo por aqui. Para quem quiser ver a foto dele, encontrei uma boa aqui:

http://www.plant.csdb.cn/details?guid=photo:[email protected]

O Za-sai que comia, na verdade, é resultado de uma fermentação. Esse vegetal é ligeiramente desidratado, salgado e posto para fermentar com pimenta e talvez alguma coisinha a mais.

Felizmente (para quem sente saudades dessa conserva) é possível encontrar esse fermentado já enlatado, nas lojas da Liberdade. Essa eu comprei no Gordo Wu, mercearia da Conselheiro Furtado 119, por R$3,00).

Vem dentro da lata, sem caldo, coberto por pimenta e é absurdamente salgado.

Para transformar essa conserva no tsukemono que os japoneses consomem, precisei fatiar e deixar de molho em água para retirar o excesso de sal, até que ficasse ao menos suportável. A pimenta também se foi, mas o sabor levemente ácido e o aroma continuou presente. Temperei com um pouco de pimenta (no caso, pasta de pimenta coreana gochujang e óleo de gergelim.

E como é o sabor? Bem, é um pouco ácido e tem um aroma peculiar, que lembra algo fermentado. A textura é um pouco borrachuda, que faz pensar em nabo ou chuchu em conserva.

 

Share This Post
Esta entrada foi publicada em Compras, conservas, curiosidades, receita. ligação permanente.

9 Responses to Za-sai

  1. Diulza Angelica dos Santos diz:

    Tindi nada não Marisa, tem um aspecto estranho parece castanha portuguesa na primeira vista.

    • Marisa Ono diz:

      Pois Diulza, é um vegetal que não tem no Brasil. Come-se (pelo que entendi) o rizoma, a parte entre a raiz e o caule propriamente dito. E fermentado.

  2. Neuza diz:

    Nossa, eu nunca me preocupei em saber que tipo de vegetal era, só comia,e muito!kkkkkkkkkkk
    Acho que algumas coisas, só voltando pro japão pra ver novamente.

  3. Kelly diz:

    Marisa, nao sei se vc ja provou, mas esse za sai eh muito utilizado na sopa chinesa, aquele que eles denominam de sopa azeda apimentada nos restaurantes chineses, que leva tofu fatiado e za sai em tirinhas entre outras coisas.

  4. Diulza Angelica dos Santos diz:

    Ma to curiosa meu filho já falou la vai ela na Conselheiro furtado só pra comprar essa coisa estranha.kkkkkkkkkkkk

  5. Raquel diz:

    Tbm comprei o za sai Marisa mas mesmo depois de tirar todo o sal com enxagues de agua eua chei que ele ficou com gosto mto forte de ferrugem de lata, nao que a lata estivesse enfurrujada, mas ficou com gosto de lata mesmo.Um gosto forte de ferro.

    • Marisa Ono diz:

      Gosto de ferrugem eu não senti nesse aí, não, Raquel, mas como todo produto fermentado tem um gosto e um cheiro bem característico, que não agrada muita gente, não.

  6. William diz:

    Toda vez que ia no lamenya pedia uma porção de Zassai. Ainda ontem fui na Florencio de Abreu, lá no final da rua tem monte de ching ling, entrei numa loja e perguntei se tinha zassai, o retardado ching ling não conhecia…

Os comentários estão fechados.