4 Comments

  1. nanci

    otima ideia, vou testar com o iogurte natural, que já eh um pouco adocado, e como não curto leite de coco, vai sem ele, vou testar, fica bem light

  2. antonio candia

    Pois dona Marisa, até onde minhas pesquisas mostraram, o tal iogurte grego nada mais é do que iogurte drenado (em geral de um dia para outro). Testarei nos próximos dias.
    E, realmente, experimentei um de baunilha (não lembro a marca) que, embora tivesse pontinhos pretos (tenho quase certeza que artificiais rsrs) era muuuuito ruinzinho.
    Agora, os com polpa de fruta em separado, achei bem bons, embora de preço exorbitante.

  3. Marisa Ono

    Antonio Candia, outro dia fiz um iogurte com a adição de leite em pó (aumentando, pelo menos em teoria, a quantidade de proteína em 100%) e adicionei 1 colher de gelatina incolor hidratada e dissolvida em um pouco de água. Ficou firme, com uma textura bem próxima ao iogurte grego do Brasil (é, pelo que parece, adoçado assim, só no Brasil mesmo). E sem açúcar, para eu colocar a calda que bem me der na veneta. Ou não.
    Eu costumo deixar o iogurte em um coador de café (que nunca viu café) com filtro de papel, na geladeira. Ele vai pingando devagar, fica bem firme. Ah, o coador fica em cima de uma caneca para recolher o soro.

  4. Sandra Ferreira

    Oi Marisa, vou fazer essa gelatina ainda hoje. Eu faço iogurte em casa e coloco um tecido tipo fralda de bebe (algodão) pra ele escorrere na geladeira. Faço iogurte caseiro há 35 anos. Nem se compara com essas coisas que vende por ai. Já fiz com coador de papel mas, não gostei do sabor. Fica um gostinho de papel estranho, mesmo sendo sem usar. O pano para mim funciona melhor. Nesse calor, a gelatina cai muito bem. Delicia!! Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *