Cogumelos Comestíveis da Mata Atlântica

Hoje fui ver e ouvir falar sobre os cogumelos comestíveis da mata atlântica. É um assunto que desperta minha curiosidade, não é raro encontrar alguns aqui em volta de casa. No entanto, não leio muito sobre o assunto e hoje vi que isso se deve por diversos motivos. O primeiro é que não somos um povo que tem o hábito de comer cogumelos. Outro é a falta de pesquisa ou talvez, recursos para ela.

Marina Capelari esclareceu que nem sempre é fácil de encontrar uma espécie desejada nas matas devido à complexidade do ambiente. Em contrapartida, temos mais variedade e ainda só conhecemos uma fração de uma estimativa de milhares e, por isso mesmo, não é conveniente sair comendo qualquer cogumelo. Cor ou aparência é indicativo de toxicidade, muito menos tem fundamento a crendice popular de que mancha prata ou casca de ovo. Outro ponto que eu tinha dúvidas era sobre o fato de encontrar espécies aqui que são comuns na Ásia. A distribuição das espécies não está restrita a um continente, algumas são encontradas em continentes diversos e distantes.

Já Jorge Ferreira é uma ponta da cadeia, é a pessoa que está na mata, observa, registra em fotos diversos cogumelos e que precisa de mais informação para saber quais são as espécies comestíveis, como pode estimular o surgimento delas e talvez chegar a um cultivo dentro da própria mata. Trouxe muitas fotos lindas que retratam a diversidade da região de Paraty.

E Alex Atala representa a outra ponta, que quer ter cogumelos em sua cozinha, tenta popularizar o consumo de espécies brasileiras mas que também tem a preocupação com a preservação do homem em seu ambiente, seja no campo, seja na mata, rio ou praia.

Deixo aqui as fotos de algumas espécies comestíveis brasileiras mas com o aviso: na dúvida, não coma. Nós temos espécies tóxicas, alucinógenas e até letais.

O debate foi promovido pelo Centro de Cultura Culinária Câmara Cascudo, no Maní e mediado por Carlos Alberto Dória.

Acompanhe os próximos debates no blog do C5:

http://culinariac5.wordpress.com/

Share This Post
Esta entrada foi publicada em Lugares. ligação permanente.

7 Responses to Cogumelos Comestíveis da Mata Atlântica

  1. Gilda diz:

    Fiquei eufórica! Espero poder em breve sair por aí achando e recolhendo cogumelos nacionais. Será? Não conhecia o C5 e agradeço pela indicação. Sou como você, olhando, fotografando, querendo provar e deixando ficar.

  2. Denilson diz:

    Ola,

    Desculpe o incomodo,talvez vc possa me ajudar, a gente achou alguns cogumelos na mata atlantica,sera que você (ou algum colega seu) sabe os nomes deles e se são comestiveis ou não?

    Queria lhe enviar as fotos, vc tem um email?

    Bjs

  3. Marisa Ono diz:

    Segundo a especialista, o melhor é não comer. Existem muitos cogumelos alucinógenos ou tóxicos e, em muitos casos, só analisando em laboratório para saber.

  4. Arnon Borges diz:

    Tenho interesse no assunto. Como faço pra enviar uma foto de uma especie q fotografei, pra vcs identificar? Aqui é região de mata atlântica. Obrigado.

  5. Marisa Ono diz:

    Arnon Borges, por favor, leia o texto. Eu não sou especialista em cogumelos, assisti a uma palestra.

  6. Alipio Raposo diz:

    Marisa,gostaria de saber como conseguir esse guia dos slides.ou outros de identificação.Moro na area rural,perto da mata e vejo diversos.Sou muito conectado com os cogumelos..adoro eles. Grato

  7. Marisa Ono diz:

    Alipio Raposo, vai ter que entrar em contato com a pesquisadora Marina Capelari. Talvez consiga por aqui: http://www.bv.fapesp.br/pt/pesquisador/6300/marina-capelari/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *