Warabi Mochi

Warabi Mochi 2

Já publiquei uma receita de warabi mochi, um pouco diferente. É gostosa mas um pouco mais trabalhosa. A textura da outra é mais firme, mais “jujubenta” e eu gosto. Desta é mais branda. Minha mãe gostou mais desta. De qualquer forma, warabi mochi é um docinho leve, que é para ser comido frio, feito com amido de batata-doce. Encontrei na Liberdade. Creio que algumas mercearias orientais terão a fécula para warabi mochi, não tenho certeza. Se não encontrar, pode fazer a sua própria fécula: triture batata-doce com água, coe em um pano, recolha o líquido e deixe o amido assentar no fundo. Isso pode levar algumas horas. Depois seque, seja no sol, seja na geladeira.

200 gramas de fécula de batata-doce

50 gramas de açúcar

1 litro de água

Kinako (farinha de soja torrada, tem pronto em lojas orientais ou produtos naturais; tem um sabor que lembra um pouco amendoim torrado)

Açúcar a gosto

Misture tudo e leve ao fogo, mexendo sempre. Vai formar uma “cola”, uma massa espessa e pesada. Continue mexendo e cozinhando em fogo baixo por mais 5 a 10 minutos.

Despeje em uma assadeira molhada, alise com as mãos molhadas e espere esfriar antes de cortar em cubinhos e passar em uma mistura de kinako e açúcar. Ou só kinako mas aí é bom regar com um fio de melado.

PS: infelizmente esse doce precisa ser comido em menos de 24 horas. Dizem que a textura se perde com o tempo, nunca deixei para ver como fica. Se preferir mais firme, diminua um pouco a água. E não é comido como sobremesa, não, é servido no lanche.

 

 

 

 

Share This Post

4 comentários em “Warabi Mochi”

  1. Oi Marisa !! Será que pode postar a foto do pacote do amido de batata que comprou na Liberdade ? Já procurei por lá e não achei !! Obrigada!

  2. Ola Marisa, parabens pelo seu bom gosto, adoro seus artigos, gostaria de encontrar um lugar que faça mochi aqui na cidade do Rio de Janeiro. Sabe de alguem que aceite encomenda?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *