French Cruller – フレンチクルーラー

french curl-001

Nunca comi esse doce em restaurante. Encontrava em lojas de conveniência, eventualmente em alguma padaria japonesa. Trata-se de massa de choux (carolina, bomba, eclair) mais firme e frita. Sim, é gorduroso mas gostoso. Não é muito doce – a não ser que escolha rechear ou servir com um glacê. Estava ensaiando fazer há muito e não me dei mal na primeira tentativa. Só é preciso ter um pouco de paciência na hora de fritar. Renderam 6 rosquinhas.

IMG_5033-001

100 ml de água

50 gramas de manteiga

1 colher de sopa (rasa) de açúcar

80 gramas de farinha de trigo

2 ovos

1/2 colher de chá de fermento químico em pó

Misture a água, o açúcar e a manteiga. Leve ao fogo até ferver.

Adicione a farinha de uma vez e misture. Abaixe o fogo e continue misturando e mexendo até que a massa esteja bem homogênea e forme uma crosta no fundo da panela. Vire em uma tigela e reserve.

Misture eventualmente a massa para que escape vapor. Quando estiver morna, adicione 1 ovo e bata. Quando estiver bem absorvido, adicione o outro ovo e bata (melhor usar uma batedeira, a massa é pesada). Se a massa ficar muito dura, adicione mais um pouco de ovo: bata um ovo em uma tigela e adicione 1 colher de chá de cada vez. A massa é firme, mas é facilmente espremida em um saco de confeiteiro.

Usando um saco de confeiteiro e um bico do tipo “estrela”, faça roscas sobre papel impermeável. Eu uso o “Assa Mais Leve”. Poderia ter utilizado um papel vegetal chamado sulfurizê (ou sulfurize, nunca soube a grafia correta; é um papel vegetal que utilizava em esboços para projetos arquitetônicos e comprava em papelarias).

IMG_5032-001

Coloque as rosquinhas com o papel virado para cima em uma frigideira funda com bastante óleo quente (mas não demais, algo em torno de 160 graus). Espere mais ou menos um minuto para pescar o papel e deixe fritando por alguns minutos.

IMG_5038-001

É preciso um pouco de paciência. Deixe dourar bem de um lado antes de virar, senão as rosquinhas irão trincar e a aparência ficará comprometida. Continue fritando, mantendo o fogo moderado, até ficar bem estufado e bem dourado. Se não for bem frito, depois de frio irá murchar.

IMG_5041-001

Polvilhe açúcar antes de servir ou faça um glacê com açúcar de confeiteiro. Quando quente é ligeiramente crocante por fora e macio por dentro. Depois de frio, mantem a forma mas a textura muda um pouco. Creio que poderia ser feito no forno, sim, mas aí não seriam French Cruller e sim samantas…

PS: a massa está muito amarela e não é por conta do editor de imagem. É que usei ovos de galinha caipira, que têm gema mais escura.

 

Share This Post

3 comentários em “French Cruller – フレンチクルーラー”

  1. Oi Marisa,

    fiquei com água na boca de ver essa receita que parece com que comi no Japão numa loja
    famosa de donuts. Vou tentar fazer. Adoro o seu blog pois tem receitas muito bacanas. Hoje preparei o Ginger Ale pela primeira vez e vamos ver se vai dar certo.

    abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *