Sessão C5 – Eu Só Quero Chocolate!

Fui ao Maní aprender um pouco sobre chocolate. A apresentação foi promovida pelo Centro de Cultura Culinária Câmara Cascudo, o C5.

Em alguns dias eles publicarão a respeito na página deles, com detalhes. Aqui ficam só as minhas impressões. Nem tirei foto.

Saí dali bem surpresa. Nós temos chocolates gostosos. O sabor e aroma não dependem apenas da castanha mas também do processo de produção do chocolate, principalmente na torra. Nem todo chocolate 70% cacau é amargo. Provei um muito frutado que pareceu mais doce. E ninguém é obrigado a gostar de chocolate amargo. Não há nada de errado com o chocolate ao leite.

Com a Claudia Schultz da CHoKolaH, percebi que chocolate e sorvete têm muito em comum. Ambos dependem do equilíbrio entre sólidos e líquidos para serem estáveis. Daqui uns meses ela terá novidades para quem quer aprender mais sobre o fabrico de chocolates, fiquem de olho.

A Renata Arassiro fez o público presente admirar um bombom. É beleza, é textura, é sabor. Só trabalhar com chocolates amargos resultariam em uma coisa monótona. Há um leque de opções a serem exploradas. Segundo ela, o chocolate ao leite permite muito mais variações.

Foi bom. Comecei a ver o mercado de chocolates brasileiro com outros olhos, com esperança de que muita coisa boa ainda virá. Mas não sou uma pessoa que trabalha com ele, não é a minha praia, acho que sou mais é de comer, mesmo.

 

Share This Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *