Como Comer um Mil-Folhas?

IMG_5708

Parece que o mil-folhas é o doce do momento. Em breve veremos eleições para o melhor mil-folhas de São Paulo, gente escrevendo sobre os pontos de um mil-folhas perfeito, harmonização com bebidas e (espero que não!) surgirão mil-folheterias oferecendo mil-folhas de brigadeiro, de paçoca cremosa, de beijinho, de tudo. Enquanto tudo isso não acontece, presto um serviço de utilidade pública: explico como se come um mil-folhas.

Se meu pai me lesse agora iria torcer a boca e dizer: Enfia na boca e mastiga, ué. Claro, o espírito é esse. Mas há uma maneira mais elegante e coerente para fazer isso. Muita gente simplesmente esmaga com o garfo, espalha o creme por todo o prato e depois raspa tudo. Foodie também tem que saber um pouco de etiqueta.

IMG_5709

O primeiro passo é tombar o doce no prato. Sim, ele deveria ser servido já deitado, facilitaria a vida do comensal.

IMG_5712

Com a ajuda de um garfo e uma faca, parta ao meio. É fácil, a massa é folhada e trinca quase sem esforço.

IMG_5713

Partido ao meio fica mais fácil de cortar porções que caibam na boca. A massa folhada é bem menos resistente na transversal.

IMG_5714

E, finalmente, leve à boca e desfrute tanto da textura cremosa do recheio quanto da textura crocante do doce. E agora fica fácil de entender porque um mil-folhas tem o formato retangular e não quadrado, redondo nem circular.

Share This Post

6 Comments

  1. Marisa Ono

    Pois é, Gilda, desconfio que muita gente não sabe como se come esse doce e não desfruta do prazer que é sentir as texturas na boca, o que é uma pena!

  2. Sandra

    Gente, eu não sabia disso. E o pior é que fica muito feio destruí-lo no garfo! kkkk Marisa, você não existe! Adorei! Bjs

  3. Juba

    Marisa, e a doceria que eu frequento, que faz a maldade de preencher a metade de baixo com o creme tradicional do mil-folhas, e a metade de cima com um maravilhoso creme chantily fresquinho? Nunca decido qual metade comer primeiro!

  4. Silvia BH

    Estive na Doceira Hungaraem Pinheiros, SP, na semana passada. A Simone explicou-me a diferença entre mil folhas e massa folhada. A massa folhada, muitas vezes comprada congelada leva mutia manteiga. Já a mil folhas é quese transparente e mais seca.
    O creme que ela fz é de baunilha, muito suave no sabor e no açúcar, cuja textura nada tem a ver com o creme de maizena. Contou-me que um senhor comprava e congelava e tomava como sorvete. Comprei mais uma fatia para experientar e gostei.
    Na conversa, disse que esta arte de massa vem dos árabes que tem boa parte do sdoces feitos com massa folhada.

    Quando criança, no aniversário da minha avó, gente simples, sempre havia uma linda torta mil folhas – retangular- decorada com rosas feitas com o glacê, preparada na confeitaria de uam senhora belga, Azulão, no Funcionários, em BH.

    Marisa, muito legal sua orientação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *