Kushi Katsu

Não acredito que ainda não falei do kushi katsu, o espetinho empanado japonês!

No Japão existem casas especializadas nisto. Praticamente tudo que pode ser espetado e empanado, entra no cardápio. Alguns lugares exibem dezenas de itens. Outros preferem oferecer produtos de qualidade e menos opções.

No caso eu comi com molhos à base de maionese, que é um pouco heterodoxo. No Japão acompanham de um molho parente do molho inglês e, dependendo da região, de um molho à base de miso.

Para o kushi katsu, usa-se palitos de bambu não muito longos. E a parte comestível vai só na ponta. A ideia é comer algo em uma bocada ou pouco mais. Deixe os palitos prontos em uma bandeja, até a hora de comer. Tempero, muitas vezes não vai nenhum ou, no máximo, sal e pimenta.

Organize uma bandeja com farinha, farinha de rosca grossa (panko). Faça uma massinha com ovo, água e farinha, como uma massa de panqueca, um pouco mais líquida.

Passe a carne ou o que quiser empanar na farinha, depois na massa e por fim no panko.

Para fritar, é melhor usar uma panela pequena, caso contrário os espetos irão escorregar até o fundo. A ideia é manter apenas a parte empanada sob o óleo. Frite até dourar.

Escorra sobre uma grade ou papel toalha e sirva.

Além da carne, podem ser empanados: berinjela, raiz de lótus em rodelas, pedaços de batata doce ou abóbora, cogumelos, ovos de codorna cozidos, flores de brócolis, pimentão, cebola. E outras coisas que a imaginação permitir. Pode ser apenas um petisco ou uma refeição, se acompanhado de arroz e sopa de miso (misoshiru).

Poderia ser uma opção para variar o fondue de carne, não?

 

Share This Post

One Comment

  1. Manami

    Marisa… Adoro seu site!… E obrigada por dividir suas receitas e experiências. Considero um gesto de profunda generosidade!…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *