Agenda

Dá para fazer lamen em casa. Dá um certo trabalho, sim, mas o resultado pode ser surpreendente e você terá a liberdade de criar o seu com as dicas que apresento. Serão duas massas – uma mais tradicional e outra mais fácil – um caldo rico, o chashu (o porco cozido que acompanha muitos lamens) e sugestões de “cobertura”. No fim, almoço com dois lamens, chá, água, sobremesa surpresa. Aqui em casa, no próximo domingo, dia 4, a partir das 10 horas, até umas 15 horas da tarde.

Fazer pão de fermentação natural parece ser um desafio, não? Parece ser complicado. Mas não é. No dia 18 explico como manter o fermento natural, sovar e fazer crescer os pães de maneira bem descomplicada. Quem vier, traga um avental porque vai ter mão na massa e uma caixa de isopor ou recipiente para levar o fermento para casa. Enquanto a massa cresce, enchemos linguiça – literalmente. Faço uma linguiça bem fácil e que permite variações e que dá para fazer até para quem não tem um moedor em casa (embora com moedor seja bem mais rápido). Depois tem o almoço com os pães, linguiças, chá, água e uma sobremesa.

Dia 18, domingo, a partir das 10 horas da manhã, aqui em casa, próximo ao Haras Setti.

Bacon em casa? Também dá para fazer, se os vizinhos não reclamarem de um pouco de fumaça. É fácil, seguro e o resultado surpreende qualquer um. Serão 3 carnes: bacon, pernil e pastrami, usando técnicas diferentes de salga e cura. Depois tem o almoço com as carnes defumadas, pães de fermentação natural, chá, água, sobremesa.

Dia 2 de julho, a partir das 10 horas, aqui em casa, próximo ao Haras Setti.

Interessados entrem em contato comigo pelo messenger (é mais rápido) do Facebook ou pelo e-mail marisaono@gmail.com

 

Share This Post

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *