Lojinha do Aizomê

O restaurante Aizomê passou por uma reforma e agora conta com uma lojinha.

Peças de design japonês com a curadoria das grifes Furoshiki e Shin Store, cerâmicas assinadas por Kimi Nii, rótulos selecionados de sake, destilados e whisky japonês da House of Suntory, doces assinados pelo chef pâtissier César Yukio e pratos prontos, molhos e ingredientes do Aizomê para levar para casa, além de sugestões de presentes e várias outras delícias.

E tem produtos meus também lá!

Todos os produtos podem ser encomendados ou reservados, com retirada agendada na lojinha ou com entrega programada, através do serviço de delivery.

O endereço é Alameda Fernão Cardim, telefone 392222-1176, 97247-3862 (WhatsApp) e o site é www.aizome.com.br

Share This Post
Publicado em Uncategorized | Deixe o seu comentário

Curioso para saber o que faço na semana?

Share This Post
Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Frango com Sake no Vapor

Tem video novo no Youtube. É uma variação de uma receita que publiquei há um certo tempo.

O fatiador que eu me refiro é o Benriner, tem o link abaixo. Sim, ficou caro por conta da alta do dólar e taxas de importação. Mas como o meu tem uns 20 anos de uso, considero como um bem durável.

Share This Post
Publicado em Cozinha do Desespero, Culinária japonesa, Entrada, Fácil, Prato principal, receita, Saladas, Video | Tags , , , , , , , , | Deixe o seu comentário

Hakusai no Asazuke (Conserva Rápida de Acelga)

Tem vídeo novo. Continuando a série sobre acelga, a receita desta vez é essa conservinha que fica entre um picles e uma salada. Fácil e rápida, costuma acompanhar a refeição ou uma cerveja. Não é para ser feita em grande quantidade. Na verdade, muita gente faz diariamente.

Para fazer o asazuke de acelga, só vai precisar de acelga e sal. Para cada 100 gramas de acelga, use 4 gramas de sal. Misture tudo, coloque em um saco plástico, amasse um pouco e guarde na geladeira por algumas horas antes de consumir.

Variações: adicione alga kombu em tirinhas ou gengibre em tiras, pimenta, cenoura em tiras, pepino em fatias finas, diminua o sal e adicione shoyu.

Share This Post
Publicado em acompanhamento, conservas, Culinária japonesa, Entrada, receita, Video | Tags , , , , , , | Deixe o seu comentário

Hakusai Tamago Toji (Acelga com Ovos)

Outra receita antiga que ganhou versão em vídeo. Eu gosto e faço muito, é um item a mais na refeição, é fácil e não exige muitos ingredientes.

O papel impermeável que me refiro é este aqui:

Share This Post
Publicado em Culinária japonesa, receita, Video | Tags , , , , , , , , | 1 Comentário

Obrigada!

Obrigada a todos que me enviaram sugestões, ideias e carinho na última semana!

Share This Post
Publicado em Video | Deixe o seu comentário

Torta de Limão

Sentiram falta de um post escrito?

Depois de tantos anos, só soube outro dia que minha mãe não nunca comeu a torta de limão popular nos Estados Unidos. Soube disso porque assistimos a um programa de TV juntas e ela se mostrou interessada.

Fiz duas tortas pequenas porque somos só duas. A outra congelou muito bem, aliás.

200 gramas de biscoito Maria ou Maizena ou Leite
80 gramas de manteiga derretida
4 gemas
1 lata de leite condensado
1/4 a 1/2 xícara de suco de limão (depende do quanto gosta de acidez)
Raspas de limão
Chantilly (opcional)
Triture os biscoitos no processador de alimentos. Junte a manteiga derretida. 
Forre com essa mistura 2 formas para torta pequenas (18 cm de diâmetro). Vai ser uma farofa, apenas acomode com as costas de uma colher. 
Misture as gemas com o leite condensado, junte as raspas de limão e o suco de limão. 
Despeje nas formas e leve ao forno médio (160) graus até firmar um pouco, é rápido, uns 10 a 15 minutos. 
Sirva depois de gelado com ou sem chantilly. 

Esta receita não tem vídeo, fiz de ímpeto. Usei limão taiti, mas poderia ser qualquer outro.

Share This Post
Publicado em Doces, receita | Tags , | Deixe o seu comentário

Custard Pudding ou Purin (Pudim)

Tem video novo, o do pudim à japonesa. Na verdade, é uma variação da receita que publiquei em 2013.

Para o pudim você vai precisar de: 
400 ml de leite integral 
2 ou 3 ovos (com 3 ovos fica mais firme) 
60 a 100 gramas de açúcar ou o equivalente em adoçante culinário Essência de baunilha à gos
Para a calda, leve ao fogo 1 xícara de açúcar com um pouco de água e deixe dourar até ficar em uma cor âmbar. Adicione água aos poucos, com cuidado, porque pode espirrar. Por isso é melhor usar uma panela média. Vá adicionando água até dissolver o açúcar queimado. Adicione uma colher de glucose e cozinhe até que forme uma calda que tem textura de mel, um pouco pegajosa. Essa calda não cristaliza, então pode fazer uma quantidade maior e deixar guardado em um pote para outra vez. 

A cesta de cozimento no vapor que uso é deste tipo:

Share This Post
Publicado em Uncategorized | Tags , , , , , | Deixe o seu comentário

Me Digam Como Posso Melhorar.

Share This Post
Publicado em Uncategorized | 6 Comentários

Harumaki (Rolinho Primavera)de Broto de Bambu

Terminando a série sobre broto de bambu, fiz um vídeo com todas as dicas e truques para fazer um harumaki perfeito. É meio longo, mas tem muitos detalhes que a maioria das pessoas desconhece.

Para fazer os rolinhos você vai precisar de:

180 gramas de camarão pequeno, limpo
200 gramas de acelga picada
150 gramas de broto de bambu, já fervido e picado em tirinhas
50 gramas de cenoura cortada em tirinhas
1 porção de harusame que foi hidratado por 10 minutos e depois cozido e escorrido
1 colher de chá de gengibre ralado
2 colheres de amido de milho diluído em um pouco de água
1 colher de sopa de shoyu
Sal, óleo, pimenta-do-reino, cebolinha picada
1 colher de chá de óleo de gergelim
20 folhas para rolinho primavera, já descongelado
Água e farinha de trigo

Salgue os camarões e esfregue bem por 1 ou 2 minutos. Deixe descansando por uns 5 minutos, lave e escorra bem. Isso vai fazer com que o camarão fique com um cheiro mais suave e com uma textura melhor.
Enquanto isso, aqueça um pouco de óleo, refogue o gengibre ralado até levantar um cheiro bom.
Junte a cenoura, abaixe o fogo e refogue até amaciar.
Junte a acelga, um pouco de água e cozinhe em fogo baixo até que ela fique macia.
Junte o broto de bambu, o camarão, tempere com sal, pimenta-do-reino, shoyu.
Espere o camarão cozinhar, adicione o amido de milho diluído em água aos poucos, mexendo bem até engrossar.
Importante: não adicione água demais, é para só ter um pouco de caldo no fundo da panela
Adicione o harusame cozido e picado, cebolinha, óleo de gergelim e prove o sal.
Deixe esfriar bem antes de fazer os rolinhos.
Esta parte pode ser feita com 1 dia de antecedência.
Destaque as folhas uma a uma de cada vez.
A parte mais lisa vai ficar para baixo, porque ficará para o lado de fora.
Coloque uma colher cheia de recheio na parte de baixo da folha, dê uma volta, dobre as laterais para o centro e continue dobrando.
Cole a ponta da massa com uma "cola" feita com partes iguais de água e farinha.

Depois de enrolados, os rolinhos devem ser fritos logo ou congelados. Para o congelamento, coloque eles espaçados em uma travessa ou assadeira de metal e leve à parte mais fria do congelador. O importante é congelar rápido. Depois de congelados, embale em um saco plástico vedado ou em um pote fechado por um mês.

Para fritar os rolinhos, eu uso uma panela de alumínio que não seja muito grande. Uso a que tenha a parede mais fina possível, porque vai esquentar rápido. Uso de 2 a 3 dedos de óleo.

No caso o harumaki, não se frita em óleo muito quente. Ele vai dourar rápido e ficar borrachudo. Comece em temperatura baixa, algo entre 140 e 160°C. Mantenha em fogo baixo e espere ele dourar bem. Escorra em papel toalha e sirva logo.

Share This Post
Publicado em Entrada, massas, receita | Tags , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário