Hummingbird Cake

Hummingbird Cake

Fui ao Starbucks há um tempo e não gostei do bolo de abacaxi, laranja e nozes deles. Lamentei, porque frequentava muito as lojas da rede quando morava em Hamamatsu. Mas o bolo estava doce demais, duro e gelado, além de não ter sido uma combinação muito feliz. Saí de lá com o Hummingbird Cake na cabeça, mas só hoje fiz.

A origem desse bolo é americana, mas ninguém sabe quem é o autor ou autora, nem a data de criação. Mas como banana e abacaxi não eram comuns por lá no começo do século passado, é possível que seja uma receita recente, dos anos 60 ou 70. O nome também é um mistério. Uns dizem que é porque as pessoas comem fazendo “hum” (embora eu ache estranho alguém zumbir enquanto come). Outros dizem que é porque o bolo desaparece em segundos, como o irriquieto beija-flor. Seja qualquer motivo, existem variações desse bolo de abacaxi, banana e nozes. Já vi assado em forma retangular e cortado em quadrados, em forma de bolo inglês e também em forma redonda, coberto com glacê. De qualquer forma, é um bolo fácil, gostoso, não é excessivamente doce e não vai manteiga. Não é um bolo do tipo fofinho, leve. É mais pesado, cresce pouco, úmido. A receita é do Chef Art Smith, só que eu não adicionei baunilha (da próxima vez usarei) e não fiz o glacê (cortando calorias por aqui…)

Hummingbird Cake

3 xícaras de farinha de trigo

2 xícaras de açúcar

1 colher de chá de bicarbonato

1 colher de chá de canela

1/2 colher de chá de sal

2 ovos

1 xícara de óleo

1 xícara de abacaxi em calda, escorrido e picado (eu cozinhei umas fatias de abacaxi fresco com 2 colheres de açúcar, até quase secar, em fogo baixo)

2 xícaras de banana nanica amassada (cerca de cinco)

1 xícara de nozes picadas

Peneire a farinha, o açúcar, o bicarbonato e o sal. Reserve.

Bata os ovos ligeiramente. Junte o óleo, as bananas e o abacaxi. Despeje sobre a mistura de farinha e misture. Não use batedeira, use uma espátula. A massa vai ficar pesada, um pouco pegajosa e carocenta. Junte as nozes e misture. Despeje na assadeira untada e enfarinhada ou forrada com papel manteiga.

No meu caso, fiz dois bolos menores, em formas de alumínio (do tipo descartável) e uma forma de bolo inglês.

Share This Post

11 comentários em “Hummingbird Cake”

  1. Não sou fã desta rede por vários motivos…na verdade já fui duas vezes (teimosa, uma vez não bastou!).
    Não conheço este bolo, anotei a receita.
    bjo.

  2. Lá em Hamamatsu não tinha tantos cafés. Nos últimos anos é que começou a se tornar mais comum o expresso. E as lojas do Starbucks de lá eram legais, sim. Era bom para sentar, conversar e tomar um frapuccino em pleno inverno.
    =D
    Lembro de ter comprado o café de lá e comido alguns biscoitos. Mas acho que nunca comi um bolo, muffin ou sanduíche.

  3. olá Marisa, a anos procurava esta receita, e caçando no google, me deparei com seu blog, estranha coincidência, rsrs

    fiquei apenas com uma dúvida, vc o assa por quanto tempo?

    bjão!

  4. Oi, Rodrigo!
    Puxa, não me lembro. Raramente marco o tempo de forno dos preparados. O que vale mesmo é o teste do palito. Quando o bolo está dourado,cheirando assado e o palito que espeto no centro sai seco, está no ponto.
    Beijocas.

  5. Não, Marta, o Hummingbird Cake é um bolo de banana, abacaxi e nozes, como postei. O bolo de laranja, abacaxi e nozes que não gostei é do Starbucks.

  6. Oi Marisa, tudo bem? Primeiramente, agradeço muito que tenha postado essa receita! Fiz ela no natal, e ficou muito saborosa. Modifiquei algumas coisinhas, como trocar uma das xícaras de açúcar por açúcar mascavo e trocar a banana por nada.. só aumentei um pouco o abacaxí. Gostaria de saber se é possível trocar o bicarbonato por fermento químico em pó.. tudo bem?
    Abraços, feliz ano novo!

  7. Gabriela, não recomendo a troca. O bicarbonato funciona muito bem em uma massa ácida (por conta do abacaxi) e a textura pode ficar diferente.

  8. Oi Marisa, tudo bem? Obrigada pelo retorno. Eu cheguei a ler a tempo de fazer o bolo.. mas não a tempo de comprar o bicarbonato… e te dou toda a razão. Na primeira vez que eu fiz, o bolo ficou bem firme, fácil de cortar com uma faca de serrinha, já que eu fiz em forma de bolo inglês… e dessa vez não… despedaçou muito.. uma pena! De qualquer forma, agora entendi mesmo que tem a ver com a química!
    Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *