Shishito e Shikaku Ingen

Shishito

Lembram-se que comprei sementes de shishito da Sakama? Bem, dona Margareth plantou alguns pés e estão dando, muito bem, apesar da chuva toda que tem caído. Para quem não conhece, é uma pimenta doce, que pode ser comida inteirinha, exceto o cabinho, com sementes e tudo. Ela é ótima em tempuras, frita no óleo por alguns segundos (a cor fica linda!) ou sobre a grelha. Cozinha muito rapidamente, porque a carne dela é fina e o tamanho, pequeno. Digo que é uma pimenta doce, mas não é bem verdade. Uma entre dez é picante. E eu, com a minha sorte, sempre pego algumas ardidas. Ou talvez eu coma muitas delas, aumentando a possibilidade de comer uma picante?

Shikaku ingen

Outra curiosidade que tenho para mostrar é essa vagem. Ganhamos como “vagem de Okinawa”. Há pouco tempo, assistindo a NHK, fiquei sabendo que se chama “shikaku ingen”, ou seja, vagem quadrada. A mãe não gostou muito dela, mas foi por causa da aparência: lembra uma lagartinha verde. Fechando os olhos para as imitações de perninhas, essa vagem é macia, levemente adocicada e não tem cheiro ruim, não. Comemos cozidas rapidamente e depois temperadas, como uma saladinha. Quem quiser comprar, vá à feira de domingo no centro de Ibiuna e procure a banca do Ono-san (que não é parente). O casal fica pertinho da agência do Correio. A mãe deu algumas sementes, plantaram e estão vendendo na banca deles. Também estão com uns nigauri (goya, pepino amargo, melão-de-são-caetano) enormes.

Shikaku ingen-flor

Além de dar até que bem neste clima, a flor dela é azul!

Share This Post

9 comentários em “Shishito e Shikaku Ingen”

  1. Que rapidez, e como estão bonitas. Só mesmo em solo fértil e sol generoso daí.

    Como quilos dessas pimentas doces, aqui chamadas de frigitelle. Uma delícia! Tiro apenas o cabinho, e numa panela com um pouco de óleo, frito o alho e jogo-as dentro por pouquíssimos minutos. Só sal e pimenta-do-reino, e basta. Ao mordê-las, as sementes doces se espalham na boca e por ter um sabor bem mais delicado que pimentões, a gente acaba comendo uma atrás da outra, rs.

  2. Marisa,

    Na Espanha, tem uma pimenta que casa bem com a descrição da shishito. São os pimentos de Padrón (cidade da Galícia) e tem até um ditado fofo “pimientos de Padrón, unos pican e otros no”.

    Bjs

  3. Marisa já que falou na pimenta me socorre, eu não consigo secar minhas pimentas elas acabam apodrecendo ou criando uma casca preta esquisita, sabe alguma técnicabjs. até

  4. É, essa tempo que tem feito tem sido difícil para muitas plantas. As pimentas escurecem até mesmo no pé, antes de colher. A umidade favorece o surgimento de fungos. Talvez você consiga secar no forno, bem baixinho, com a porta meio aberta.

  5. Onde você conseguiu comprar sementes de shishito aqui no Brasil? Gostaria de comprar.
    Em setembro fui ao Japão e trouxe sementes de dois tipos de nigai uri. Ambos quase não são amargos. Um é o tradicional e o outro é branco.
    Aabraços
    Yoshiyuki

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *