Sukiyaki Domburi (Tigela de Sukiyaki)

Esta semana está difícil. Vamos ver se consigo publicar tudo hoje. É que ontem também fiquei sem conexão e hoje, passei umas boas horas fora de casa. Aliás, meu provedor está de parabéns: pago caro, recebo pouca velocidade e, ainda por cima, fiquei sem o serviço nada menos que 3 dias da semana. Há pouco tempo era a única opção. Estou pensando seriamente em mudar para outra empresa.

Mas vamos ao prato. Outro dia resolvi fazer algo fácil, rápido e que tivesse elementos do sukiyaki. Saiu esse “domburi”, ou seja, uma tigela de arroz com algo em cima. Usei bananinha, que é um corte macio e gordo. Poderia ser contrafilé ou alcatra.

Na verdade, é muito simples. Cortei carne em tiras, mais ou menos como para estrogonofe. Fatiei cebolas em pétalas. Cebolinha em pedaços com mais ou menos 5 cm de comprimento. Refoguei a carne em uma frigideira larga, até começar a dourar. Amontoei em um canto, coloquei as cebolas no espaço aberto e refoguei as cebolas até que ficassem macias.

Adicionei um pouco de sake, shoyu, mirim e açúcar. Para quem não tem sake em casa, talvez funcione com um pouco de vinho que não seja muito seco. E para quem não tem mirim em casa, use um pouco de glucose (como o Karo, por exemplo) ou só açúcar mesmo.  As cebolinhas vão por último, na hora de tirar do fogo. Não fica com caldo, não, é quase seco.

E então coloque uma porção generosa em cima de cada tigela de arroz quente. Pronto. Vai para a categoria “Cozinha do Desespero” porque leva poucos ingredientes, alimenta, fica pronto em pouco tempo.

PS: Essa é só uma ideia. Se quiser adicionar tiras de cenoura ou outro vegetal, fique à vontade.

 

Share This Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *