Miso: Tsukemonos

IMG_5377

A pasta de soja é mais conhecida como tempero. A pasta de soja fermentada, no entanto, também é utilizada em marinadas e em um tipo de conserva. Fazemos aqui em casa com certa frequência.

IMG_5375

É muito fácil de ser preparada. Pepinos podem ser cortados ao meio ou, se forem finos, basta arranhar a casca com um garfo. Pode ser feito com melões verdes, nabos, creio que ficaria bom até mesmo com rabanetes. É só enterrar no miso, tampar o pote e guardar na geladeira até o dia seguinte. Antes de consumir, retiro o excesso de miso passando rapidamente na água e corto em fatias.

O miso tem sal e confere um sabor distinto aos vegetais. A textura também é alterada, fica mais crocante. E dizem que as enzimas do miso fazem com que o pepino fique mais fácil de ser digerido. O fato é que conservas desse tipo não faltam em uma refeição japonesa. E há quem goste tanto que coma como um petisco.

 

 

Share This Post

8 comentários em “Miso: Tsukemonos”

  1. marisa bom dia, como foi o seu Natal, tudo bem. Este misso e o comum de uso pra misso?ou é diferente,eu estou sem preciso comprar,.eu tenho comer verduras e legumes,quero fazer pra variar um pouco .bjs.espero poder te encontrar este ano.

  2. Qualquer miso, Diulza. Uso os que tenho em casa, claro, não vou comprar. E ainda dá para continuar reaproveitando para outras conservas. Só jogo fora quando junta muita água.

  3. Adoro conservas, principalmente no missô… Agora com a tia que vc tem, fica difícil ficar sem conservas… Ganhei um montão de lakiô e umê nesse final de ano… E olha que ainda tenho um potão de cada que não consegui vencer no ano passado… Hehehehe
    Grande abraço para vc e para a tia!!!

  4. Sim e não. Misso é uma pasta de soja fermentada mas não é a única. Existem pastas de soja fermentadas de origem chinesa, coreana, por exemplo.

  5. Olá Marisa!
    A quantidade de misso, depois de utilizada para enterrar o pepino, pode ser devolvida para o pote com o resto do misso, ou deve ser já aproveitada para outro prato (ex.: missoshiro)? Meu receio é que fique um gosto nessa quantidade de misso utilizada para fazer tsukemono, e que “contamine” o restante do misso.

  6. Não recomendo a utilização do miso que foi usado no tsukemono para um misoshirU. Pode usa-lo para fazer mais tsukemono mas uma hora será preciso descarta-lo porque a quantidade de água contida nele irá aumentar e favorecer o desenvolvimento de fungos e bactérias na mistura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *