“Melão” de Frango

Vi o Turkey Melon no blog do David Lebovitz e fiquei com coceira. Não fiz com peru, mas fiz com frango. Dá um pouco de trabalho, sim. Primeiro é preciso desossar o frango. Ia colocar um video, mas ainda não editei e confesso que sou muito desajeitada. Deve de ter algo no Youtube. Não é complicado, basta cortar as pontas das asas fora, tirar o “ossinho da sorte”, fazer um corte nas costas da ave e ir acompanhando os ossos. Nas coxas, é só ir raspando perto dos ossos e cortar fora a ponta da coxa, que é cheia de cartilagens e fibra.

O resultado será uma peça de carne que pode ser enrolada. Temperei com sal (cerca de 10 gramas para cada kg de carne), um pouco de alho e pimenta-do-reino. Fiz uma bola e deixei na geladeira por uma noite.

Cobrir toda a peça com fatias de bacon é um pouco trabalhoso sim. Precisei cortar no comprimento certo e fui colando sobre a pele do frango.

Depois amarrei todo com barbante. Não sei se dá para ver que amarrei em oito “gomos” e depois, para ficar mais firme, passei um fio de barbante pelo meio da peça, no sentido da altura. À essa altura, confesso, estava dizendo para mim mesma: é bom que esse trabalho todo valha a pena…

Levei ao forno médio, coberto por uma folha de alumínio. Depois de uma hora e meia, espetei com um garfo e conferi se o líquido que saía era claro. Tirei o alumínio, aumentei o fogo e deixei corar, regando eventualmente com a gordura que se formou na assadeira. Tirei do forno, deixei descansar 15 minutos, tire os barbantes todos e cortei.

Se valeu a pena? Sim. O frango ficou suculento como nunca vi em nenhum frango assado. O bacon deu um sabor defumado delicioso. Mesmo depois de frio (comi no jantar num sanduíche), estava muito bom.

Agora deixo com vocês. Creio que ficará muito bom com algum recheio, como alguns dentes de alho negro ou tomate seco ou, quem sabe? alho-poró, salsão, cenoura refogada…

E é uma sugestão para os açougues e rotisseries. Fico pensando em outras carnes assim. E será que funcionaria com uma mistura de carnes, como no churrasco grego?

Aqui vai o vídeo de Jacques Pepin desossando um frango, fazendo tulipa da asinha e outras coisas mais:

http://youtu.be/kAekQ5fzfGM

 

Share This Post

7 comentários em ““Melão” de Frango”

  1. Tenho uma prima, a Hiroko-neetchan, que faz esse frango e recheia com uma farofa feita com os miúdos, muita salsinha e cebola, com farinha de mandioca, que absorve todo o líquido por dentro e vira uma massa cozida deliciosa. Eu chamo de farofa de corte hahaha.

  2. Eu tinha visto o peru e o carneiro que o David mostrou no blog dele. Você viu que ele cozinhou em uma panela tampada, colocou legumes e vinho! Embora confessando que prefere assar as carnes. Achei lindo e bem que tive vontade, mas a coragem de tentar fazer, me faltou. Se algum açougueiro habilidoso resolvesse preparar e vender, isto sim seria bom! Acho que eu também faria assada, por causa do bacon. Seu frango ficou lindo de dar até pena de cortar. Mas é muita coragem fazer isto! Acho que não dou conta.

  3. Pois é, Gilda, esqueci de comentar que ele cozinhou. Eu preferi assar porque frango cozido não faz muito sucesso aqui em casa, não. Já minha mãe declarou que quer provar o “melão” feito com peito de peru. Eu acho que daqui um ano, mais ou menos, vai ter muita rotisserie oferecendo, viu…

  4. Eu até pensei em fazer uma farofa com farinha de milho, Shima. Iria ficar parecido com o cuscuz paulista. Mas como era a primeira vez, resolvi ficar no básico. Se a coisa se popularizar, vai ter gente colocando tudo quanto é recheio.

  5. MARISA ADOREI ESSA RECEITA,FAÇO O FRANGO DESOSSADO RECHEADO E COSTURADO PELO PEITO.
    VOU FAZER ESSA RECEITA AQUI NA LOJA,PARA COMBATER ESSE BACON LIGHT VOU RECHEAR COM DAMASCO,UVAS E AMEIXAS SECAS,DEPOIS TE CONTO ABRAÇO EDSON.

  6. Marisa, sua receita me lembrou uma que vi no programa do Olivier Anquier. Ele recheia um peru com castanhas portuguesas e embutidos, e cobre o peru com bacon como você. Confere só! http://youtu.be/xEy9yhFeQuA
    Vou tentar fazer como frango, acho que deve ficar realmente delicioso (e mais em conta) Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *