Shoga Gari (Conserva de Gengibre)

img_0836

É uma receita que volta e meia me perguntam como se faz. É uma conserva muito simples de se fazer. O único porém é aproveitar a safra de gengibre. Se não me falha a memória, no início do verão os brotos de gengibre começam a aparecer na feira. Se puder, vá ao Ceasa ou alguma central de abastecimento. Geralmente o preço é bem mais em conta. No meu caso, comprei uma caixa de 17 kg de gengibre, que me renderam 2 dias de trabalho e 3 baldes de 11 litros de conserva. Acompanha muito bem sushi e dá uma refrescada no paladar entre os bocados. Além disso, o gengibre goza a fama de ser bom para a circulação.

Shoga Gari

2 kg de gengibre novo, claro, pele fininha

8 colheres de (sopa) rasas de sal

5 xícaras de vinagre de arroz

2 xícaras de água

1 1/2 xícara de açúcar

Raspe os gengibres com uma faca. Lave. Fatie fino com um cortador de legumes. Salgue e deixe descansando uma noite, coberto com filme plástico.

Escorra bem. Acomode em um pote bem grande ou potes, deixando espaço. Não aperte.Ferva o vinagre com a água e o açúcar até que o açúcar se dissolva. Despeje quente sobre o gengibre. Dê uma mexida para tirar bolhas de ar que porventura existirem. Tampe e deixe descansando alguns dias antes de consumir. Ela pode ganhar uma cor mais rosada se você deixar a parte avermelhada do broto, próximo ao caule. Ou usar uma quantidade mínima de corante vegetal vermelho.

Algumas receitas falam para aferventar o gengibre por 30 segundos. Experimentei e o gengibre está lá, amarelado. Há quem prefira com mais açúcar. É uma questão de gosto. Dizem que dura indefinidamente. O meu já tem quase meio ano.

Share This Post

225 comentários em “Shoga Gari (Conserva de Gengibre)”

  1. Açúcar comum, Cleo. Pra quê usar demerara? É mais caro, vai ficar com uma cor estranha e nada acrescenta em termo nutricionais, só um saborzinho caramelado.

  2. Obrigado pela receita.
    Hoje uma senhora japonesa de idade avançada me explicou com fazer, mas tive dificuldade de entender, devido à forte influência da língua japonesa na maneira dela falar.
    Mesmo ela sendo muito atenciosa e amável, como não poderia deixar de ser um legítimo descendente japonês, saí com dúvidas de como preparar o shoga.
    Arigatô

  3. Oi, Marisa, obrigada pela receita. Adoro essa conserva. A dúvida é: pode ficar fora da geladeira? Geleias, nao tenho medo, porque fervo os vidros depois de fechados. Mas sempre fico insegura com receitas de picles que ficam fora da geladeira. Você não deve ter guardado 3 baldes de 11 l na geladeira, não é? Afinal, para isso serviam as conservas… Obrigada.

  4. Fiz e ficou muito bom,meio salgado,prefiro o adocicado,mas,ficou muito bom todos aqui em casa gostaram muito!!Obirgado por esta receita!!

  5. Não tenho de gengibre, Marli, mas tenho baldes de outras conservas na geladeira. Essa conserva até aguenta por algumas semanas fora da geladeira, sim, por causa da acidez. Mas tem que ser coberta com um filme plástico porque pode surgir mofo na superfície.

  6. Lamentável que, para imprimir a receita, tenha gasto 11 páginas de papel, fora a tinta. Além da receita, foram impressos todos os comentários.

  7. Olá Marisa, obrigado por postar a receita.

    Minha dúvida é quanto ao açúcar. Eu faço conservas e fermentações sempre com açúcar o menos refinado possível. Assim costumo usar melado ou mascavo, demerara e/ou no máximo cristal. Prefiro o mascavo ou melado pela questão nutricional e porque evito os químicos do processo de refinamento. Dito isso, queria saber se você já usou açúcar mascavo? Pretendo fazer sua receita e já estou com a intenção de fazer com mascavo. Obrigado.

  8. O shoga gari é uma conserva clara e rosada, não faz sentido usar açúcar mascavo ou melado, que deixará a conserva escura, turva e com gosto estranho.

  9. Olá Marisa!

    Vim agradecer pela receita. Sempre via minha batchan fazer, mas eu era uma criança na época. Hoje, não tenho mais a “Ba” e nem a minha mãe para me ensinar a fazer este Shogá que faz parte da minha infância. Arigatou!

  10. Obrigada pela receita!

    Fiquei com uma dúvida quanto ao vinagre…. pode ser feito com outro tipo de vinagre (de alcool ou de vinho, por exemplo)??

  11. Oi Marisa, tudo bem? Tem como retirar o excesso de sal de alguma forma? Talvez lavar como na receita do sunomono de pepino e retirar o excesso de água? Tenho idosos aqui que precisam cuidar da pressão…
    Obrigado!

  12. Elcio, sal é fundamental na conservação. Para quem tem que controlar a ingestão de sódio, só mesmo a moderação ou não consumir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *